João Domingues eliminado nos oitavos de final do Challenger de Antália

Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open

Depois de Nuno Borges ter anotado um triunfo expressivo rumo aos quartos de final, o compatriota João Domingues (248.º ATP) não resistiu ao embate dos ‘oitavos’ e despediu-se do Challenger de Antália. O português cedeu diante do dominicano Nick Hardt (351.º), por 6-4 e 7-5 e ao cabo de quase duas horas, apesar de ter estado próximo de levar as contas para um derradeiro set.

O natural de Oliveira de Azeméis, que na terça-feira tinha regressado ao circuito quase dois meses depois com uma vitória frente a Riccardo Bonadio, não conseguiu prolongar a estadia na Turquia. No primeiro parcial, recuperou num ápice a um break sofrido, mas uma nova quebra ditou a liderança do oponente.

A segunda partida seguiu um rumo semelhante: João Domingues sofreu um break e, quando Hardt servia para fechar o encontro, reagiu com uma quebra. Pouco depois, teve nas mãos a hipótese de servir para vencer o set em questão, mas o jogador da República Dominicana afastou as esperanças e veio a garantir a vitória.

João Domingues completa a campanha em Antália e deixa a representação lusa a cargo de Nuno Borges. O oliveirense faz as malas com rumo a Portugal, já que na próxima semana é uma das principais figuras da casa no Maia Open, evento Challenger onde em 2019 ficou a um passo de disputar a final.


Total
2
Shares
Total
2
Share