Tiago Cação cede perante cabeça de série em Antália

Diana Carvalho/Raquetc

Depois de ter furado toda a fase de qualificação e de ter arrancado um triunfo na primeira ronda do quadro principal, Tiago Cação despediu-se esta quarta-feira do Challenger de Antália, na Turquia. O tenista natural de Peniche foi derrotado pelo croata Duje Ajdukovic, número 251 mundial e quarto favorito ao título, pelos parciais de 6-2 e 6-1.

Num encontro onde o maior nível de Ajdukovic acabou por ficar bem patente, Cação entrou ainda assim a mostrar querer discutir o encontro com o adversário. Apesar de ter sofrido o break logo no jogo inaugural, o português foi resiliente e fez o contra-break para deixar tudo empatado. Porém, Ajdukovic não tirou o pé do acelerador e continuou a criar dificuldades com a resposta, ao ponto de fazer mais duas quebras consecutivas que desequilibraram o primeiro parcial.

Em desvantagem, Tiago Cação viu o oponente conseguir novo break a abrir o segundo set. O tenista português, 507.º no ranking ATP, teve um break point no quarto jogo para regressar à discussão do set, mas não concretizou. No jogo seguinte, Ajdukovic fez novo break e o encontro ficou sentenciado.

Apesar do desaire, nem tudo são más notícias para Tiago Cação. A boa campanha em Antália vai valer ao tenista de 23 anos o regresso ao top 500 mundial na próxima segunda-feira. Nesta altura, Cação é o virtual 486.º classificado, o que representa uma subida de 21 lugares para o tenista que em dezembro de 2018 foi o 394.º na hierarquia.


Total
8
Shares
Total
8
Share