Na ressaca do ATP Finals, Sinner qualifica a Itália para os quartos de final das Davis Cup Finals

Manteve-se o recinto, mudaram-se as cores: sensivelmente uma semana depois de se ter estreado no ATP Finals como substituto do compatriota Matteo Berrettini perante um Pala Alpitour de Turim recheado de compatriotas, Jannik Sinner voltou a revelar-se à altura dos acontecimentos e desempenhou um papel fundamental no apuramento da Itália para os quartos de final da Davis Cup Finals. A “Squadra Azzurra” tem pela frente mais uma eliminatória em casa antes de uma eventual viagem até Madrid.

O primeiro triunfo do dia foi carimbado pelo número 27 mundial Lorenzo Sonego, que teve de suar para superar o colombiano Nicolas Mejia (275.º ATP) por 6-7(5), 6-4 e 6-2.

Depois, e de forma bem mais tranquila, Sinner fez o que lhe competia e superou Daniel Elahi Galan (111.º) por 7-5 e 6-0 para somar o ponto que garantiu à equipa da casa o apuramento para os quartos de final.

No duelo de pares, a Colômbia conquistou o ponto de honra graças ao triunfo de Juan-Sebastian Cabal e Robert Farah por 6-2, 5-7 e 7-6(6) sobre Fabio Fognini e Jannik Sinner quando o relógio local já apontava as três horas da madrugada. Assim, o conjunto sul-americano manteve vivas as hipóteses de apuramento como um dos melhores segundos classificados, precisando para isso de superar os Estados Unidos da América na jornada de domingo.


Total
0
Shares
Total
0
Share