Alexander Zverev junta-se às meias-finais do ATP Finals e resta uma vaga em aberto

Alexander Zverev (3.º ATP) resolveu esta quinta-feira as contas do Grupo Vermelho, ao dominar por completo no encontro que o opôs ao polaco Hubert Hurkacz (9.º), e cimentou a segunda posição que o eleva às meias-finais do ATP Finals. O alemão protagonizou uma exibição irrepreensível em apenas 64 minutos, representada pelos esclarecedores 6-2 e 6-4, e já tem adversário para a sua próxima tarefa em Turim: Novak Djokovic.

O arranque da partida foi fulminante e num ápice Zverev já liderava com duas quebras de vantagem. Não esteve muito longe de aplicar um ‘pneu’, mas Hurkacz reagiu e ainda conseguiu vencer dois jogos de serviço, insuficientes, claro está, para evitar a perda do primeiro set. No segundo, o equilíbrio esteve mais presente e só numa fase mais avançada é que o germânico se desfez da igualdade, com um único break que lhe permitiu a vitória.

Alexander Zverev carimba pela terceira vez na carreira o acesso às meias-finais da competição, dentro das cinco edições das quais fez parte: em 2018, sagrou-se campeão do ATP Finals e, no ano seguinte, passou a fase de grupos mas cedeu nas ‘meias’. O jogador de Hamburgo está a um passo de regressar ao jogo do título, mas o seu próximo obstáculo chama-se Novak Djokovic – precisamente a última ‘vítima’ de Zverev na caminhada para o referido troféu erguido em Londres.

Nas declarações após a vitória desta quinta-feira, o alemão vincou o facto de não ser a primeira vez que encara o líder este ano: “Encontrámo-nos em todos os principais torneios de piso rápido esta temporada: Australian Open, Jogos Olímpicos, US Open e ATP Cup. É sempre interessante enfrentar Djokovic e estou ansioso por mais uma batalha.”


Total
0
Shares
Total
0
Share