Ljubicic descarta participação de Federer no Australian Open: “Não há nenhuma hipótese”

Em declarações à Reuters, Ivan Ljubicic fez o ponto do situação da recuperação do seu pupilo Roger Federer, que foi submetido a uma terceira operação ao joelho em outubro deste ano. Para o técnico croata, o campeão suíço vai voltar ao circuito em breve, porém, não será certamente o Australian Open a marcar o seu regresso aos palcos.

“Não há nenhuma hipótese. Ele tem de ir passo a passo, porque tem 40 anos e por isso precisa de ser paciente. Não consegue recuperar com a mesma rapidez de antes. Quer ter a certeza que consegue jogar para ganhar e estar a 100%”, comentou Ljubicic, que se encontra a acompanhar o ATP Finals, em Turim.

Apesar da idade avançada de Roger Federer, pendurar as raquetes não consta, para já, nos seus planos: “Conversámos muito sobre isso e garanto que ele quer voltar a jogar ténis. Quando decidir parar, vai retirar-se, mas não acredito que isso vá acontecer de maneira repentina”, assegurou Ivan Ljubicic, um dos que melhor conhece o antigo número um mundial.

Atualmente a ocupar a 16.ª posição da hierarquia mundial, Roger Federer realizou 14 encontros oficiais esta temporada, dentro dos quais alcançou os oitavos de final em Roland Garros e os ‘quartos’ em Wimbledon. Mas a negativa evolução da primeira cirurgia ao joelho, em fevereiro de 2020, obrigou o helvético a uma nova intervenção, em junho desse ano, e uma recaída forçou-o a encurtar a presente temporada e encerrá-la em agosto, de forma a enfrentar uma saudável recuperação e a “parar muitos meses.”


Total
20
Shares
Total
20
Share