Riske e Cristian discutem o título em Linz após meias-finais incompletas

A final do WTA 250 de Linz ficou definida esta quinta-feira numas meias-finais muito atribuladas, onde uma nem sequer se iniciou e a outra não chegou ao fim. A norte-americana Alison Riske (73.ª WTA) e a romena Jaqueline Cristian (100.ª WTA), que não eram favoritas, acabaram por ser as últimas sobreviventes e vão discutir o troféu esta sexta-feira.

Na primeira meia-final do dia, Riske — oitava cabeça de série — beneficiou da desistência de Danielle Collins (29.ª WTA), terceira favorita ao título, para garantir um lugar numa final WTA pela segunda vez em 2021 (foi vice-campeã em Portoroz). A menor cotada recuperou de uma desvantagem de 1-3 para vencer o primeiro set por 7-5 e Collins retirou-se logo a seguir com uma lesão no ombro direito.

Quanto à segunda meia-final, esta nem sequer chegou a começar. Jaqueline Cristian deveria medir forças com a compatriota Simona Halep (22.ª WTA), mas a segunda cabeça de série desistiu devido a uma lesão no joelho e permitiu que Cristian, que entrou no quadro como lucky loser, se possa estrear em finais ao nível WTA. A romena é a primeira tenista com estatuto de lucky loser a jogar uma final WTA desde Coco Gauff, em 2019, precisamente em Linz.

Lucky losers em finais WTA desde 2000:

NomeTorneioResultado
🇭🇺 Melinda Czink🇦🇺 Camberra 2005❌ Derrota (vs. 🇷🇸 Ana Ivanovic)
🇺🇸 CoCo Vandeweghe🇺🇸 Stanford 2012 ❌ Derrota (vs. 🇺🇸 Serena Williams)
🇷🇸 Olga Danilovic🇷🇺 Moscow River Cup 2018 ✅ Vitória (vs. 🇦🇺 Anastasia Potapova)
🇺🇸 Coco Gauff🇦🇹 Linz 2019 ✅ Vitória (vs. 🇱🇻 Jelena Ostapenko)
🇷🇴 Jaqueline Cristian 🇦🇹 Linz 2021?

Total
2
Shares
Total
2
Share