Alcaraz e Baez lideram as contas no final do primeiro dia de NextGen ATP Finals

Milão volta a receber oito dos melhores jovens do circuito masculino e a jornada de abertura do NextGen ATP Finals deu a conhecer os quatro primeiros vencedores da edição de 2021 da cimeira. No Grupo A, os triunfos pertenceram a Carlos Alcaraz (32.º ATP) e Brandon Nakashima (63.º), ao passo que no Grupo B foram Sebastian Baez (111.º) e Sebastian Korda (39.º) a selarem as vitórias.

O espetáculo de exibição na Allianz Cloud foi encetado pelo norte-americano Brandon Nakashima, ainda ameaçado pelo argentino Juan Manuel Cerúndolo (91.º) mas que liderou o rumo dos acontecimentos para fechar o compromisso por 4-1 3-4 (3) 4-1 e 4-0. Seguiu-se a exibição de gala levada a cabo por Carlos Alcaraz, espanhol que despedaçou as esperanças do dinamarquês Holger Rune (109.º), ao aplicar-lhe os indiscutíveis 4-3 (6) 4-2 e 4-0 em pouco mais de uma hora.

Já pela noite dentro, foram os membros do Grupo B a efetuarem a estreia em Milão: o norte-americano Sebastian Korda escapou ao deslize inicial para derrubar o francês Hugo Gaston (67.º) por 3-4 (2) 3-4 (6) 4-0 4-3 (3) e 4-0 e depois o argentino Sebastian Baez (111.º) foi protagonista da grande surpresa do dia, ao exceder Lorenzo Musetti (58.º), a única figura da casa, pelos parciais de 4-1 4-1 3-4 (5) e 4-3 (5).

Nesta quarta-feira, disputam-se as segundas contendas da fase de grupos, que poderão desvendar os nomes dos primeiros semifinalistas do NextGen ATP Finals: no Grupo A, Juan Manuel Cerúndolo opõe-se a Holger Rune e o vencedor do confronto entre Carlos Alcaraz e Brandon Nakashima estará em vias de garantir o apuramento, ao passo que no Grupo B Lorenzo Musetti procura escapar à eliminação diante de Hugo Gaston e Sebastian Korda e Sebastian Baez sonham com as ‘meias’.


Total
2
Shares
Total
2
Share