Kozlov, Tirante, Broady e Lehecka completam grupo de campeões da semana no ATP Challenger Tour

Em paralelo com o Braga Open, quatro outras provas do circuito ATP Challenger tiveram lugar esta semana e, desse modo, outros tantos campeões se juntaram ao brasileiro Thiago Monteiro no lote vitorioso. São eles Stefan Kozlov (251.º), Thiago Tirante (204.º), Liam Broady (126.º) e Jiri Lehecka (177.º), que concluíram, respetivamente, as campanhas em Columbus, Ambato, Biel e Bucareste de forma invicta.

A jogar em casa, Stefan Kozlov logrou a glória no Challenger de Columbus em virtude da reviravolta aplicada ao australiano Max Purcell (180.º), que se consolidou nos parciais de 4-6, 6-2 e 6-4. O jogador de 23 anos adicionou ao seu palmarés o terceiro título no circuito secundário, numa semana absolutamente fenomenal onde não só fez a festa de forma individual, mas também ao lado de Peter Polansky na variante de pares no estado de Ohio.

As finais jogadas por Stefan Kozlov ao nível Challenger:

AnoResultadoLocalAdversárioParciais
2014Vice-campeão 🥈Sacramento (Estados Unidos)Sam Querrey3-6 e 4-6
2016Vice-campeão 🥈Le Gosier (Guadalupe)Malek Jaziri2-6 e 4-6
2016Vice-campeão 🥈Suzhou (China)Yen Hsun Lu0-6 e 1-6
2016Campeão 🏆Columbus (Estados Unidos)Tennys Sandgren6-1, 2-6 e 6-2
2017Campeão 🏆 Las Vegas (Estados Unidos)Liam Broady3-6, 7-5 e 6-4
2021Campeão 🏆 Columbus (Estados Unidos)Max Purcell4-6, 6-2 e 6-4

Estreante a vencer nestas andanças, Thiago Tirante concluiu de forma sublime a campanha protagonizada em Ambato, no Equador. O argentino esqueceu os fantasmas do desaire na final em Trieste e superou o peruano Juan Pablo Varillas (117.º) por 7-5 e 7-5 para celebrar pela primeira vez em provas desta categoria.

As finais jogadas por Thiago Tirante ao nível Challenger:

AnoResultadoLocalAdversárioParciais
2020Vice-campeão 🥈Lima (Perú)Daniel Elahi Galán1-6, 6-3 e 3-6
2021Vice-campeão 🥈Trieste (Itália)Tomás Martín Etcheverry1-6 e 1-6
2021Campeão 🏆Ambato (Equador)Juan Pablo Varillas7-5 e 7-5

Em Biel reinou Liam Broady e o britânico alcançou o primeiro título individual no ATP Challenger Tour, ao impor-se ao anfitrião Marc-Andrea Huesler (172.º). Depois de ter vencido sempre em dois sets nos duelos anteriores, o britânico não fugiu à regra e bateu o helvético por 7-5 e 6-3 para erguer o título de campeão.

As finais jogadas por Liam Broady ao nível Challenger:

AnoResultadoLocalAdversárioParciais
2014Vice-campeão 🥈Charlottesville (Estados Unidos)James Duckworth7-5, 3-6 e 2-6
2017Vice-campeão 🥈Aptos (Estados Unidos)Alexander Bublik2-6 e 3-6
2017Vice-campeão 🥈Las Vegas (Estados Unidos)Stefan Kozlov6-3, 5-7 e 4-6
2019Vice-campeão 🥈León (México)Blaz Rola4-6, 6-4 e 3-6
2020Vice-campeão 🥈Parma (Itália)Cedrik-Marcel Stebe4-6 e 4-6
2021Vice-campeão 🥈Potchefstroom I (África do Sul)Benjamin Bonzi5-7 e 4-6
2021Vice-campeão 🥈Biella III (Itália)Andreas Seppi2-6 e 1-6
2021Campeão 🏆Biel (Suíça)Marc-Andrea Huesler7-5 e 6-3

Estrela em ascensão, o checo Jiri Lehecka controlou a final em Bucareste de maneira exímia e pelos contundentes parciais de 6-3 e 6-2 barrou o caminho à vitória de Filip Horansky (189.º). Aos 19 anos, o jovem tenista checo fecha uma semana de sonho sem perder qualquer set e soma o segundo título Challenger ao palmarés, dois meses depois de se estrear a vencer, em Tampere.

As finais jogadas por Jiri Lehecka ao nível Challenger:

AnoResultadoLocalAdversárioParciais
2021Campeão 🏆Tampere (Finlândia)Nicolás Kicker5-7, 6-4 e 6-3
2021Vice-campeão 🥈Poznan (Polónia)Bernabé Zapata Miralles3-6 e 2-6
2021Campeão 🏆Bucareste (Roménia)Filip Horansky6-3 e 6-2

Total
0
Shares
Total
0
Share