Barty a todo o gás impõe derrota mais pesada dos últimos 14 anos a Azarenka

Era antecipado como um dos duelos do dia, mas depressa deixou cair por terra todas as expetativas: Ashleigh Barty só precisou de 71 minutos para derrotar Victoria Azarenka por 6-0 e 6-2 e carimbar um lugar nos quartos de final do WTA 1000 de Cincinnati, nos EUA.

Número um mundial e grande candidata à vitória naquele que é o seu primeiro torneio desde os Jogos Olímpicos, onde conquistou a medalha de bronze nos pares mistos, a australiana disparou 25 winners e quebrou por cinco vezes o serviço para “despachar” a bielorrussa, que também já passou pela liderança do ranking WTA.

O domínio de Barty foi tal que a mais recente campeã de Wimbledon impôs a Azarenka a vitória mais pesada desde 2007, quando com apenas 17 anos também conquistou apenas dois jogos nos duelos com Romina Oprandi e Karin Knapp.

A australiana terá de esperar para conhecer a adversária dos quartos de final, mas é certo que será mais uma jogadora que também conta com títulos do Grand Slam no currículo: ou Garbiñe Muguruza, ou Barbora Krejickova (a atual campeã de Roland-Garros).

Total
8
Shares
Total
8
Share