Bencic vence reedição da final olímpica no regresso, Giorgi travada logo na estreia

Duas semanas depois de ter vivido o momento mais dourado da carreira ao vencer os Jogos Olímpicos, Belinda Bencic regressou à competição com um reencontro com a última adversária que travou em Tóquio, Marketa Vondrousova, e o desfecho foi o mesmo, com a tenista suíça a avançar para os oitavos de final do WTA 1000 de Cincinnati. Pelo contrário, a recém-campeã do WTA 1000 de Montreal, Camila Giorgi, caiu logo no encontro de estreia.

A defender o estatuto de 10.ª cabeça de série, Bencic teve de esperar por uma abertura nos céus (a chuva tem atrapalhado e de que maneira o arranque do torneio) para se estrear, mas quando o fez não perdeu tempo e venceu a adversária checa por 6-3 e 7-5 em 1h29.

Quem também seguiu em frente foi a ex-número um mundial Victoria Azarenka, que numa procura incessante por algum ritmo se desenvencilhou facilmente de Ludmilla Samsonova ao vencer com os parciais de 6-2 e 6-3.

Em sentido contrário, mas sem surpresas, Camila Giorgi teve estadia curta em Cincinnati, no Ohio. Apenas dois dias depois de conquistar o maior título da carreira, a italiana sentiu a descarga emocional e, perante uma adversária de bom calibre pela frente como Jessica Pegula (que já lhe tinha dado trabalho na semana anterior), sucumbiu com os parciais de 6-2 e 6-2.

As duas primeiras cabeças de série só se estreiam esta quarta-feira no WTA 1000 de Cincinnati: a australiana Ashleigh Barty vai defrontar Heather Watson, enquanto a japonesa Naomi Osaka terá pela frente um interessante duelo com a norte-americana Coco Gauff.

Total
5
Shares
Total
5
Share