Sinner faz história para Itália e defronta estreante McDonald na final de Washington D.C.

Estão encontrados os dois finalistas do ATP 500 de Washington D.C., na sequência das meias-finais disputadas este sábado. Jannik SinnerMackenzie McDonald são os últimos resistentes no quadro do torneio norte-americano, com o transalpino a atingir um marco histórico no ténis italiano e McDonald a atingir a primeira final ATP da carreira.

Quinto cabeça de série, Sinner — 24.º no ranking ATP — assinou uma grande vitória diante do norte-americano Jenson Brooksby (130.º), que atravessa um bom momento de forma. O italiano eliminou três set points no primeiro parcial e conseguiu aí o ponto de viragem que lhe permitiu dominar o resto do encontro. Ao fim de uma hora e 32 minutos, Sinner fechou a partida com os parciais de 7-6[2] e 6-1 e tornou-se no primeiro italiano a apurar-se para a final do Citi Open.

O outro finalista é o norte-americano Mackenzie McDonald, 107.º no ranking ATP. O tenista de 26 anos terminou com a boa semana de Kei Nishikori (67.º), num duelo que durou duas horas e 43 minutos e ficou fechado nos parciais de 6-4, 3-6 e 7-5.

McDonald apresentou-se a um nível muito elevado a partir do fundo do court e criou muitas dificuldades a Nishikori com a resposta. O nipónico ainda conseguiu recuperar de um break de atraso na segunda partida para forçar um terceiro set, mas acabou por ceder um único — e decisivo — break quando procurava levar o parcial para o tiebreak.

A final do Citi Open marca o primeiro embate entre Jannik Sinner e Mackenzie McDonald. O norte-americano estreia-se em finais ATP e procura o primeiro título, ao passo que Sinner procura ser o vencedor mais novo do Citi Open desde 2008.


Total
4
Shares
Total
4
Share