Naomi Osaka surpreendida nos oitavos de final dos Jogos Olímpicos

Cerca de 24 horas depois da número um mundial, Ashleigh Barty, ter sido surpreendida nos Jogos Olímpicos, esta terça-feira foi a vez da japonesa Naomi Osaka despedir-se precocemente de Tóquio 2020, ao perder por claros 6-1 e 6-4 para Marketa Vondrousova em apenas 1h10.

A jogar em casa, a número dois mundial e campeã em título do US Open e do Australian Open era considerada uma das grandes favoritas, mas acabou por acusar a falta de ritmo dos últimos tempos — desistiu de Roland-Garros após o primeiro encontro e não foi a Wimbledon — e encerrou a primeira participação olímpica muito antes do que era esperado.

Com a eliminação de Naomi Osaka, a espanhola Garbine Muguruza (6-4 e 6-1 sobre Alison Van Uytvanck) passou a ser a única detentora de um título em torneios do Grand Slam a estar “viva” nestes Jogos Olímpicos, dado que logo a abrir a jornada a campeã em título de Roland-Garros, Barbora Krejickova, perdeu por 1-6, 6-2 e 6-3 com Belinda Bencic.

Total
2
Shares
Total
2
Share