Sem pressão, mas com objetivos, Portugal terá cinco mesatenistas nos Jogos Olímpicos

Marcos Freitas, Tiago Apolónia, João Monteiro, Fu Yu e Shao Jieni serão os representantes de Portugal no ténis de mesa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que começam na próxima semana na capital do Japão. De partida para o outro lado do mundo, a comitiva tem a garantia de não haver pressão em relação a medalhas, mas é uma das mais experientes entre toda a missão portuguesa e, por isso, tem objetivos.

“Felizmente, nos últimos anos, temos obtido grandes resultados para o ténis de mesa português e, por isso, já estamos à espera da pressão das pessoas por medalhas. Mas isso é um bom sinal, significa que temos feito bem as coisas”, afirmou João Monteiro à agência Lusa. “Queremos continuar a habituar o público que o ténis de mesa consegue bons resultados para Portugal. A pressão existe sempre, tal como a motivação. Mas vai ser importante o desfecho do sorteio, porque uma coisa será defrontar primeiro equipas europeias, que estão ao nosso alcance, outra será encontramos, por exemplo, uma potência como a China.”

Marcos Freitas, o melhor mesatenista português, salientou que “conhecemo-nos muito bem e juntos já conseguimos vários êxitos. Essa ligação pode ajudar-nos a chegar o mais longe possível. Não somos cabeças de série, mas vamos com o sonho das medalhas. Pelo que já fizemos no passado, sabemos que dando o máximo tudo pode acontecer.”

Pedro Moura, o presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa (FPTM), explicou que “se há parte da delegação portuguesa que tem experiência em lidar com esta pandemia é a equipa de ténis de mesa. Fomos das primeiras modalidades do programa olímpico a regressar ao trabalho após o confinamento. Como presidente, durmo com a consciência tranquila de que tudo fizemos para ser possível os atletas apresentarem-se bem em Tóquio” e acrescentou que “temos uma comitiva experiente na participação nos Jogos e encaramos esta presença com grande orgulho e tranquilidade, procurando um resultado de mérito tal como já aconteceu. O importante é que possam usufruir desta nova experiência.”

Total
0
Shares
Total
0
Share