Daniel Altmaier supera jornada dupla rumo ao primeiro Challenger da carreira

O alemão Daniel Altmaier estreou-se este sábado a vencer em torneios Challenger. Em Braunschweig, na Alemanha, o tenista da casa superou uma jornada dupla para erguer o primeiro troféu no circuito secundário, depois de já ter perdido uma final.

Oitavo cabeça de série da prova, Altmaier começou o dia por afastar o wild card Marvin Moeller (613.º ATP) por 7-5 e 6-0. Ao mesmo tempo, num dos courts secundários, o suíço Henri Laaksonen (137.º), quinto favorito ao título, derrotava o checo Vit Kopriva (264.º) por 6-4 e 6-0 e assegurava também o passaporte para a final.

A final da prova disputou-se no court central, já depois dos polacos Szymon Walkow e Jan Zielinski terem conquistado o torneio de pares com uma vitória sobre os croatas Ivan Sabanov e Matej Sabanov, primeiros cabeças de série. A final de singulares, de resto, acabou por ser bastante desequilibrada. Altmaier assumiu as rédeas do encontro desde cedo, não deu espaço a Laaksonen para entrar na discussão do embate e venceu por 6-1 e 6-2 para erguer o troféu.

Para Daniel Altmaier, que iniciou a semana no 166.º lugar do ranking ATP, a conquista do primeiro Challenger da carreira vai valer a subida de 17 posições. A partir de segunda-feira, o tenista de 22 anos vai ocupar o 149.º lugar, ainda distante da 122.ª posição que ocupou em outubro de 2020 e que permanece como melhor registo de carreira. Quanto a Henri Laaksonen, que já foi o número 93 mundial, vai subir três lugares e instalar-se no 134.º posto, logo atrás de João Sousa.

Total
1
Shares
Total
1
Share