Barty, Kerber, Pliskova e Sabalenka compõem meias-finais femininas em Wimbledon

As quatro semifinalistas de Wimbledon no quadro feminino foram encontradas esta terça-feira. Numa jornada marcada pela chuva que se fez sentir em Londres e que obrigou à realização de todos os encontros em condições indoor, com as coberturas dos courts Central e No.1 fechadas, Ashleigh Barty, Angelique Kerber, Karolina Pliskova e Aryna Sabalenka carimbaram o passaporte para a penúltima ronda da prova.

No primeiro embate do dia, Pliskova deu mais um passo em frente naquela que é a sua melhor prestação de sempre no All England Club. A fazer a estreia em quartos de final, depois de ter ficado pela quarta ronda em 2018 e 2019, a tenista checa derrotou a suíça Viktorija Golubic (66.ª) de forma clara: 6-2 e 6-2, em uma hora e 22 minutos. Pliskova assinou oito ases, disparou 28 winners e venceu 83% dos pontos jogados com a primeira bola.

Nas meias-finais, Pliskova vai defrontar outra estreante nesta fase de Wimbledon: Aryna Sabalenka. A bielorrussa, número quatro mundial, saiu por cima no encontro mais aguardado do dia diante da tunisina Ons Jabeur (24.ª), uma das tenistas mais entusiasmantes das últimas duas semanas no All England Club. Em uma hora e 15 minutos, Sabalenka disparou 27 winners e massacrou o segundo serviço de Jabeur, vencendo 61% dos pontos na resposta à segunda bola da adversária.

A outra meia-final vai opor uma antiga campeã à número um mundial. Angelique Kerber voltou a encontrar-se com os bons resultados em Wimbledon, onde foi campeã em 2018, e assegurou o regresso às meias-finais com uma exibição autoritária frente a Karolina Muchova (22.ª). Kerber venceu por 6-2 e 6-3 num embate onde eliminou sete de oito break points e consumou quatro quebras de serviço. A germânica vai agora defrontar Ashleigh Barty, que venceu a compatriota Ajla Tomljanovic (75.ª) por 6-1 e 6-3, em pouco mais de uma hora. A líder do ranking mundial fez uma bela exibição e não teve dificuldade em garantir o triunfo.

Total
1
Shares
Total
1
Share