Gastão Elias perde nos quartos de final e deixa o Porto Open sem portugueses

PORTO — Depois de duas vitórias, Gastão Elias (245.º do ranking mundial) despediu-se esta sexta-feira do Porto Open, ao ser derrotado nos quartos de final do Challenger da cidade invicta pelo equatoriano Emílio Gomez (169.º), que venceu com os parciais de 6-3 e 7-6(4).

No reencontro com um tenista com quem partilhou quarto na academia da IMG, nos EUA, o português não conseguiu apresentar o nível da jornada anterior e, com uma pancada de serviço menos consistente, foi derrotado em duas partidas ao fim de 1h50.

Antes de Gastão Elias, também Gonçalo Oliveira se despediu do Porto Open nos quartos de final, uma conjugação de resultados que deixou a primeira edição do Challenger nortenho sem representantes portugueses.

Total
1
Shares
Total
1
Share