Roger Federer escapa com golpe de sorte no regresso a Wimbledon

Não foi fácil, mas Roger Federer está apurado para a segunda ronda de Wimbledon. No regresso ao All England Club, o suíço esteve em muitas dificuldades perante um Adrian Mannarino em grande nível. Contudo, o francês contraiu uma lesão no joelho direito e foi forçado a retirar-se do embate com o marcador em 6-4, 6-7[3], 3-6 e 6-2.

Depois de triunfar no primeiro parcial, Federer assistiu a uma grande resposta do oponente. Mannarino jogou dois sets onde pouco ou nada errou e operou a reviravolta no resultado. O ex-número um mundial estava em apuros, mas conseguiu quebrar o serviço ao francês na fase inicial do quarto set e recuperar o controlo do encontro. Pouco depois, com Federer a servir a 4-2, surgiu o momento chave do embate: Mannarino lesionou-se.

O número 41 mundial sofreu uma queda aparatosa durante uma troca de bolas e ficou agarrado ao joelho direito. Um medical timeout foi pedido e foi possível ouvir Mannarino queixar-se ao fisioterapeuta de que teria ouvido um estalar do joelho. O gaulês foi medicado com analgésicos para tentar prosseguir, mas regressou ao court em claras dificuldades até para servir. Federer fechou rapidamente o quarto set e Mannarino acabou mesmo por não aguentar a dor e retirar-se no jogo inaugural da quinta partida.

Bafejado pela sorte (azar na ótica do francês) num regresso complicado à relva do All England Club, Roger Federer segue em competição. O suíço está agora à espera de Richard Gasquet (56.º) ou Yuichi Sugita (110.º) na segunda ronda.

Total
4
Shares
Total
4
Share