Porto Open: Daniel Rodrigues soma primeira vitória da carreira em Challengers

Sensivelmente dois anos depois de se ter sagrado vice-campeão do Porto Open, na altura um ITF de 25.000 dólares, Daniel Rodrigues (962.º do ranking ATP) voltou ao Complexo Desportivo do Monte Aventino e beneficiou da desistência do compatriota Tiago Cação (534.º), quando já vencia por 6-3 e 3-0, para somar a primeira vitória da carreira no circuito Challenger.

Escolhido pela organização para receber um dos dois convites disponíveis, o madeirense de 21 anos dominou por completo o encontro até ao momento da desistência de Cação, que tinha a seu cargo o estatuto de sétimo cabeça de série do qualifying.

O encontro deste domingo foi o primeiro de Daniel Rodrigues em torneios do circuito internacional desde novembro de 2019, mas o jovem português — que em 2016 só perdeu na final do Campeonato Nacional Absoluto, para João Sousa — não tem estado parado: recentemente sagrou-se vice-campeão nacional universitário nos EUA, poucas semanas depois de se ter tornado no segundo português a passar pela liderança do ranking.

Na ronda de acesso ao quadro principal, Daniel Rodrigues vai defrontar o vencedor do encontro entre o francês Geoffrey Blancaneaux (número 331 mundial e quarto cabeça de série) e o português Pedro Araújo (909.º).

Total
34
Shares
Total
34
Share