Marcos Freitas garante medalha no Campeonato da Europa de ténis de mesa

Rémy Gros (ITTF)

Marcos Freitas (25.º do ranking mundial) qualificou-se, este sábado, para as meias-finais do Campeonato da Europa individual de ténis de mesa que se joga em Varsóvia, na Polónia,  ao derrotar o romeno Ovidiu Ionescu (60.º) por 4-1, um resultado que garantiu ao madeirense a conquista de uma medalha.

Melhor mesatenista português da atualidade, Marcos Freitas aplicou os parciais de 5-11, 11-5, 11-5, 11-9 e 11-6 ao romeno, horas depois de ter deixado pelo caminho o campeão europeu de juniores de 2019, o sueco Truls Moregard, por 4-2 (11-2, 11-7, 6-11, 11-7, 8-11 e 11-8).

Já com uma medalha garantida (ambos os derrotados nas meias-finais recebem o bronze), o jogador português vai defrontar o número nove do ranking mundial, o alemão Dimitrij Ovtcharov (9.º), na luta pela presença na grande final.

Na variante de pares também ficou garantida a conquista de uma medalha por parte da comitiva portuguesa, no caso a de bronze, com João MonteiroTiago Apolónia a alcançarem as meias-finais graças à vitória por 3-1 (5-11, 11-9, 11-6 e 11-9) sobre o esloveno Darko Jorgic e o croata Tomislav Pucar e a perderem por 3-0 (11-8, 11-6 e 11-5) com o polaco Jakub Dyjas e o belga Cédric Nuytinck.

Total
50
Shares
Total
50
Share