Matteo Berrettini “imita” Boris Becker e é o novo campeão no Queen’s Club

Matteo Berrettini chegou ao Queen’s Club, em Londres, como um dos grandes candidatos ao título e terminou a semana de troféu nas mãos, ao vencer Cameron Norrie por 6-4, 6-7(5) e 6-3 para negar ao britânico a semana de sonho e erguer a taça mais importante da carreira.

Apesar de ter precisado de 1h57 para derrotar o tenista da casa, Berrettini não enfrentou qualquer ponto de break e com mais uma exibição convincente tornou-se no primeiro estreante a conquistar o título no prestigiado evento desde Boris Becker, em 1985. Semanas depois, o alemão fez história e também venceu em Wimbledon, uma realidade que não é assim tão descabida em relação ao italiano de 25 anos, que tem cada vez mais de ser considerado um dos grandes candidatos no All England Club.

O percurso de Matteo Berrettini fala por si, mas vale a pena recordar: para chegar à final, que fez dele o primeiro italiano a vencer no Queen’s Club na Era Open, o número nove mundial venceu Alex de Minaur, Andy Murray e Daniel Evans, todos adversários de grande calibre, e já soma 17 vitórias em 22 encontros disputados na relva ao longo da carreira. Para além deste, também conquistou o título no ATP 250 de Estugarda em 2019.

O título deste domingo traduziu-se na quinta conquista de Matteo Berrettini, mas primeira em torneios da categoria ATP 500, enquanto Cameron Norrie perdeu pela quarta vez em quatro finais e terceira em 2021, depois do Millennium Estoril Open e de Lyon, ambos em terra batida.

Total
17
Shares
Total
17
Share