Juventude em destaque nos quartos de final incompletos de Estugarda

Depois de um início de semana para esquecer, que obrigou a organização a transferir os encontros do qualifying para campos cobertos de piso rápido, tudo parecia encaminhado para que os quartos de final do ATP 250 de Estugarda, em relva, ficassem fechados, mas o mau tempo voltou a tempo de interromper o duelo entre Denis ShapovalovFeliciano López, o único que ficou por se concluir numa jornada em que a juventude se destacou.

Um deles foi Dominic Stricker. Aos 18 anos, o compatriota de Roger Federer já tinha ganho em dois tie-breaks a Radu Albot e esta quinta-feira superou o polaco Hubert Hurkacz (segundo cabeça de série) por 7-6(5) e 7-6(5) para chegar aos segundos quartos de final da carreira em torneios ATP, depois de já o ter feito em Genebra.

Número 335 do ranking mundial (começou a época como 1.168.º), o jovem suíço vai defrontar o norte-americano Sam Querrey, que superou James Duckworth por 6-4 e 7-6(7).

(20 anos), o australiano Alex de Minaur (22) e o francês Ugo Humbert (também de 22 anos), todos eles cabeças de série, tal como o austríaco Jurij Rodionov (22 anos e número 142 mundial, que recebeu um wild card) e o croata Marin Cilic, ex-número três mundial que superou Nikoloz Basilashvili (quinto pré-designado) por 6-3 e 6-2.

Total
0
Shares
Total
0
Share