Nadal mantém registo imaculado e avança para os quartos de final de Roland-Garros

O espanhol Rafael Nadal continua a caminhar tranquilamente rumo a mais uma presença nas derradeiras rondas de Roland-Garros. O campeão de 13 edições da prova assegurou esta segunda-feira um lugar nos quartos de final, ao derrotar Jannik Sinner em três sets — 7-5, 6-3 e 6-0 — para manter o seu registo imaculado na prova (é o único, a par de Diego Schwartzman, que ainda não perdeu qualquer set).

Apesar da vitória em sets diretos, nem tudo foi fácil para Nadal. O maiorquino esteve com um break de vantagem logo no arranque do jogo, mas Sinner respondeu à altura e esteve mesmo na posição de servir para a vitória no primeiro parcial. Nessa altura, Nadal — que fez 31 winners durante o encontro — arrancou para uma série de jogos consecutivos e saiu na frente do marcador.

A atravessar um grande momento no encontro, o ex-número um mundial entrou muito bem na segunda partida e conseguiu um duplo break que lhe permitiu liderar por 4-0. Uma vez mais, Sinner respondeu e recuperou os dois breaks de atraso, mas quando servia para igualar o parcial a quatro, Nadal fez o contra-break, travou a reação do adversário e fechou o segundo set. Depois de dois parciais em que complicou muito a vida ao espanhol, Sinner — 11 winners e 40 erros não-forçados — perdeu o gás para a terceira partida e não foi capaz de evitar o “pneu”.

De regresso aos quartos de final em Paris, Rafael Nadal vai defrontar o único tenista em prova que também ainda não cedeu qualquer set: Diego Schwartzman. ‘El Peque’ derrotou Jan-Lennard Struff — 7-6[9], 6-4 e 7-5 — num encontro brutal e vai medir forças com o “Touro” de Manacor, que está cada vez mais perto de poder tornar realidade o ansiado confronto com Novak Djokovic nas meias-finais (para isso, Nadal tem de vencer Schwartzman e Djokovic tem de vencer Matteo Berrettini).

Total
0
Shares
Total
0
Share