Campeão em Little Rock, Jack Sock volta aos títulos quase quatro anos depois

Em novembro de 2017, Jack Sock erguia o maior troféu da carreira em Paris-Bercy, num ano onde atingiu o oitavo lugar do ranking ATP. Depois disso, (muitas) lesões apareceram e foram tirando o norte-americano da ribalta aos poucos, até que este deixou de ser presença assídua no circuito ATP. Quase quatro anos depois, Sock, agora com 28 anos, conquistou este domingo o primeiro título de singulares desde Paris-Bercy, ao vencer o Challenger de Little Rock, nos Estados Unidos.

Naquele que é também o primeiro Challenger que conquista desde julho de 2013, o tenista norte-americano teve que suar muito para sair de Little Rock com o troféu debaixo do braço. Na segunda ronda, Sock eliminou três match points para derrotar Ernesto Escobedo e voltou a fazer o mesmo nos quartos de final frente a Thai-Son Kwiatkowski. Este domingo, o antigo top 10 mundial confirmou o grande momento de forma com a vitória na final diante do equatoriano Emilio Gómez — responsável por afastar Gonçalo Oliveira nas meias-finais — por 7-5 e 6-4.

Claramente um jogador diferente e com marcas deixadas pelas lesões, Sock apoiou-se no seu poderoso serviço durante toda a semana para causar estragos. O tenista de 28 anos demonstrou também que a qualidade na execução das pancadas permanece, ainda que a sua movimentação tenha sofrido com os vários problemas físicos que enfrentou. De regresso aos troféus, o ex-número oito mundial tem garantida a subida de 24 lugares na próxima atualização do ranking e passa a ser o 224.º classificado.

Total
0
Shares
Total
0
Share