Nuno Borges segue para as meias-finais e aguarda por Gastão Elias

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Nuno Borges apurou-se, esta sexta-feira, para as segundas meias-finais da carreira no ATP Challenger Tour ao derrotar Filip Cristian Jianu (349 do ranking) por 6-4 e 6-4 no Oeiras Open 4.

Apesar da tenaz oposição do jovem romeno de 19 anos, Nuno Borges controlou o emnbate do início ao fim, quebrando o adversário por uma vez em cada parcial e salvando as cinco oportunidades de break que teve de enfrentar. O maiato esteve mesmo imperial no serviço, colocando 73% de primeiras bolas e só perdeu dez desses pontos.

O primeiro set foi irrepreensível por parte do atual 275 do mundo (melhor ranking da carreira e irá ser ainda melhor após este torneio), não dando quaisquer chances a Jianu. O break surgiu ao sétimo jogo, fruto de respostas bem à frente no court e do controlo do campo com a direita, mas podia ter surgido mais cedo, já que Borges dispôs de quatro break points em todo o parcial.

No segundo set a história foi bem diferente e foi o romeno com mais oportunidades de ferir o número cinco português. Borges salvou as cinco possibilidades de quebra de serviço, já depois do break madrugador, com cinco pontos brilhantes: um serviço ganhante no segundo jogo, três winners de direita no sexto e um amortie complementado com um winner de esquerda quando serviu para fechar o encontro. Para encerrar o embate, um excelente ‘saque’, um de inúmeros durante toda a partida, numa exibição de bastante qualidade.

Nuno Borges volta, assim, às meias-finais de um torneio da categoria, depois de ter cedido na final do Oeiras Open 2. Na altura, nas meias-finais teve de ultrapassar o compatriota Gastão Elias em três sets. Amanhã pode reencontrar o mesmo opositor, caso o antigo 57 do mundo vença o argentino Camilo Ugo Carabelli.

Total
0
Shares
Total
0
Share