Thanasi Kokkinakis regressa aos títulos quase três anos depois

Em tempos, o australiano Thanasi Kokkinakis foi uma das maiores promessas do circuito ATP. Em abono da verdade, Kokkinakis ainda tem 25 anos e toda uma carreira pela frente, mas o calvário de lesões que atravessou atrasou em muito o seu desenvolvimento. Ainda assim, o tenista de Adelaide voltou a conhecer este sábado o sabor doce da vitória. Kokkinakis sagrou-se campeão no sexto Challenger da época realizado na cidade italiana de Biella e regressou aos títulos ao fim de quase três anos.

Na terra batida de Biella, Kokkinakis teve pela frente na final o francês Enzo Couacaud, número 188 mundial e terceiro cabeça de série do torneio. O australiano não se encolheu perante o teórico favoritismo do adversário e realizou uma exibição muito sólida. Kokkinakis venceu 90% dos pontos com o primeiro serviço, não enfrentou break points e converteu dois dos seis que teve a favor. Ao fim de 76 minutos em court, o tenista australiano festejou o regresso aos títulos com uma vitória por 6-3 e 6-4.

Para Thanasi Kokkinakis, este é o quarto Challenger conquistado em toda a carreira (o segundo em terra batida, depois de Bordéus, em 2015) e o primeiro desde outubro de 2018, quando triunfou em Las Vegas. Antes de viajar para Roland-Garros, onde vai jogar o qualifying, o tenista de 25 anos assegurou a subida de 18 lugares no ranking ATP e vai surgir na próxima segunda-feira no 180.º posto, ainda longe do 69.º que ocupou em junho de 2015 e que continua a ser o melhor registo até à data. Quanto a Enzo Couacaud, que perdeu a primeira final no circuito Challenger (tinha ganho as duas anteriores), vai subir 11 posições e atingir o 177.º lugar.

Todos os resultados do Challenger de Biella 6:

Challenger Biella 6
Total
2
Shares
Total
2
Share