Gauff continua a brilhar e alcança terceiras meias-finais do ano em Parma

A norte-americana Cori Gauff continua a deslumbrar em território italiano. Depois de ter alcançado as meias-finais do WTA 1000 de Roma, a jovem de 17 anos conquistou esta quinta-feira o bilhete para as segundas meias-finais consecutivas – terceiras da temporada – no WTA 250 de Parma, na sequência da vitória sobre a compatriota Amanda Anisimova.

No encontro mais aguardado da jornada, Gauff precisou de 80 minutos para vencer com os parciais de 6-3 e 6-3. As duas tenistas defrontaram-se no circuito WTA pela primeira vez e Anisimova parecia ter o controlo do jogo, já que liderou por um break por duas vezes (2-1 e 3-2) no primeiro set. Em ambos os momentos, no entanto, Gauff deu a volta à situação e acabou por vencer a primeira partida com quatro jogos ganhos de forma consecutiva.

O arranque do segundo parcial voltou a ser favorável a Anisimova, 40.ª no ranking WTA, que quebrou o serviço a Gauff e se colocou a vencer por 3-0. Contudo, a número 30 mundial voltou a não atirar a toalha ao chão e construiu mais uma longa série de jogos consecutivos (seis) para dar a volta ao resultado e confirmar o triunfo em sets diretos.

Em busca da primeira final desde que venceu em Linz, em 2019, Cori Gauff vai defrontar a checa Katerina Siniakova, que deu seguimento ao triunfo sobre Serena Williams com uma vitória por 7-5 e 6-1 sobre Caroline Garcia. A outra meia-final vai opor Sloane Stephens (venceu Sara Errani por 6-3 e 6-0) a Qiang Wang (derrotou Petra Martic por 7-6[4], 3-6 e 7-5), pelo que não está descartada uma final totalmente norte-americana.

Total
0
Shares
Total
0
Share