Andújar, Ruud, Cuevas e Shapovalov sobrevivem a jornada dupla em Genebra

Millennium Estoril Open

A chuva não tem dado tréguas em Genebra, pelo que esta quinta-feira foi dia de jornada dupla na cidade suíça. No final do dia, os quatro sobreviventes apuraram-se para as meias-finais, sendo eles Pablo Andújar, Casper Ruud, Pablo Cuevas e Denis Shapovalov.

Shapovalov foi o primeiro a entrar em court para defrontar Marco Cecchinato, num encontro adiado da jornada de quarta-feira. O tenista canadiano teve um set point ao serviço na primeira partida, mas acabou por desperdiçar e ceder o primeiro parcial. Ainda assim, o segundo cabeça de série conseguiu operar uma reviravolta com algum esforço – salvou dois break points no segundo set – e venceu por 6-7[4], 7-5 e 6-1.

Bem mais rápidas foram as vitórias de Pablo Cuevas e Laslo Djere, visto que os encontros de ambos já tinham iniciado no dia anterior e ficaram a meio. Cuevas finalizou o trabalho perante o francês Arthur Cazaux, com parciais de 6-2 e 6-4, e Djere não só segurou a vantagem de um break sobre Fabio Fognini, como ainda dilatou a diferença e venceu por 6-3, 6-7[2] e 6-1.

O arranque dos quartos de final deu-se com o embate entre Pablo Andújar e a esperança da casa, Dominic Stephan Stricker. Depois de duas grandes vitórias nas rondas anteriores, o helvético parecia embalado para garantir as primeiras meias-finais da carreira no circuito ATP (teve set e break de vantagem), mas a maior experiência de Andújar prevaleceu e o espanhol carimbou a reviravolta com os parciais de 4-6, 6-4 e 6-4.

Quem também precisou de uma reviravolta para seguir para as meias-finais foi Casper Ruud. O tenista norueguês não teve um bom primeiro set frente a Dominik Koepfer, mas elevou o nível do serviço nos dois parciais seguintes e ainda foi a tempo de vencer por 2-6, 6-1 e 6-4. Nas meias-finais, Ruud vai medir forças com Andújar.

Na outra meia-final, Pablo Cuevas e Denis Shapovalov vão lutar por um lugar na grande decisão. O uruguaio, que iniciou a semana na fase de qualificação, fez valer a sua grande experiência na terra batida e surpreendeu Grigor Dimitrov com os parciais de 7-6[3] e 6-3. Shapovalov, por sua vez, regressou ao court com uma exibição consistente perante Laslo Djere, que lhe valeu o triunfo por 6-4 e 6-4.

Total
0
Shares
Total
0
Share