Vesely arranca com vitória em Oeiras; Steve Johnson eliminado na estreia

Sara Falcão/FPT

Os principais cabeças de série do Oeiras Open 125 tiveram destinos diferentes na jornada desta terça-feira, dia em que fizeram a estreia no quadro principal. O checo Jiri Vesely, número 71 mundial e melhor cotado no Complexo Desportivo do Jamor, garantiu o apuramento para a segunda ronda, mas o norte-americano Steve Johnson, 83.º no ranking ATP e segundo pré-designado, teve uma saída de cena precoce na metade inferior do quadro.

A jornada desta terça-feira abriu precisamente com o embate entre Vesely e o francês Hugo Grenier, número 263 na hierarquia mundial e um dos tenistas que furaram a fase de qualificação. O canhoto de Pribram, ex-número 35 mundial e detentor de dois títulos ATP, tinha tudo encaminhado para uma vitória muito tranquila, mas foi obrigado a trabalho extra no segundo set.

Vesely desperdiçou uma vantagem de 5-2 e viu-se forçado a um tiebreak, no qual foi muito superior ao adversário, de forma a fechar o encontro com os parciais de 6-4 e 7-6[2] em uma hora e 58 minutos. Na segunda ronda, o checo vai defrontar Hugo Dellien (121.º), que bateu Sebastian Ofner (171.º) por 6-1 e 7-6[4] na jornada de segunda-feira.

Ao início da tarde foi a vez do norte-americano Steve Johnson fazer a estreia no maior Challenger de sempre realizado em Portugal. O segundo melhor cotado teve pela frente o qualifier equatoriano Emilio Gómez, 182.º no ranking ATP e talhado para a terra batida, como se veio a comprovar pelo resultado final: 7-6[4], 3-6 e 6-3 a favor do sul-americano.

Depois de apagar cinco set points na reta final do primeiro parcial, Johnson ainda conseguiu eliminar um sexto no tiebreak, mas não foi capaz de replicar o feito quando a sétima oportunidade surgiu a favor de Gómez. A resposta do melhor cotado foi de grande nível e Johnson abriu uma vantagem de 4-0 no segundo set que não deixou escapar, ainda que Gómez tenha recuperado um dos breaks de atraso.

O terceiro set foi uma verdadeira montanha russa: Gómez foi o primeiro a fazer o break e chegou ao 2-0, mas Johnson respondeu com três jogos consecutivos e passou a liderar por 3-2, com break acima. Contudo, o norte-americano não conseguiu confirmar a quebra de serviço e o equatoriano respondeu de imediato com o contra-break, que abriu caminho a uma série de quatro jogos consecutivos ganhos pelo menor cotado, que terminou a celebrar o triunfo ao cabo de duas horas e 36 minutos.

No caminho de Emilio Gómez segue-se agora o talentoso Hugo Gaston (151.º), um dos vencedores desta terça-feira. O francês bateu o qualifier belga Zizou Bergs (261.º) por 7-6[1] e 6-1. Esta terça-feira, para além das vitórias de Pedro SousaNuno Borges e do desaire de João Domingues, foi ainda dia de triunfo para Federico Coria (2-6, 6-4 e 6-1 frente a Alex Molcan) e Botic Van de Zandschulp (6-4, 3-6 e 7-5 perante Denis Kudla)

Total
1
Shares
Total
1
Share