Prodígio Alcaraz estreia-se no Oeiras Open 125 com vitória autoritária

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Carlos Alcaraz não faz parte da lista de cabeças de série do Oeiras Open 125 (o torneio Challenger mais forte do ano até ao momento), mas já é considerado um dos grandes favoritos à vitória final e no primeiro encontro na terra batida do Complexo Desportivo do Jamor deixou bem explícitos os motivos de tamanha popularidade.

Acompanhado pelo ex-número um mundial Juan Carlos Ferrero, o novo prodígio do ténis espanhol (aos 18 anos já é o 114.º do ranking mundial) só precisou de 64 minutos para superar o japonês Yasutaka Uchiyama (113.º), com 6-0 e 6-3.

Num encontro de sentido único, Alcaraz pecou pela colocação do primeiro serviço (apenas 54% das bolas!) e compensou na resposta, ao converter seis dos sete pontos de break que criou para construir uma vantagem indiscutível e que só não foi mais dilatada porque perdeu o serviço ao 5-2, depois de ter os primeiros dois match points.

Na segunda eliminatória, Carlos Alcaraz vai medir forças com o norte-americano Brandon Nakashima, que assinou a primeira grande surpresa da semana ao superar o quinto cabeça de série Yannick Hanfmann (92.º do ranking e um dos seis top 100 presentes no torneio) por 6-3 e 6-4.

Total
1
Shares
Total
1
Share