Báez conquista terceiro Challenger em 2021 e iguala Guillermo Coria

A temporada de 2021 está a ser de grande sucesso para Sebastian Báez. O jovem argentino de 20 anos conquistou este sábado o Challenger de Zagreb, na Croácia, e ergueu o terceiro troféu da temporada no circuito secundário, depois de já ter sido campeão em Concepción e em Santiago.

Na final da prova, Báez – começou a semana na fase de qualificação – teve de recuperar de um set de desvantagem para se impor perante o peruano Juan Pablo Varillas por 3-6, 6-3 e 6-1. Apesar de ter sido o primeiro a chegar ao break na primeira partida, o argentino não conseguiu segurar a vantagem e Varillas acabou o parcial por cima do encontro e em vantagem no marcador.

A segunda partida desenrolou-se numa toada de grande equilíbrio e Báez aproveitou o único break point em todo o parcial para empurrar o encontro para a terceira partida. Embalado pela vitória no segundo parcial, o número 218 mundial manteve o bom ritmo e dominou por completo a terceira partida, na qual quebrou o serviço de Varillas por três vezes.

A conquista do Challenger de Zagreb permite a Sebastian Báez atingir um feito notável no ténis argentino: o jovem de 20 anos é o tenista mais novo do país a vencer três títulos numa temporada desde que Guillermo Coria o fez em 2000. Em termos de ranking, a conquista do troféu vale a subida de 35 lugares a Báez e o alcançar de um novo máximo de carreira (183.º lugar). Juan Pablo Varillas, que começou a semana como 133.º classificado, vai subir dois lugares e o 131.º posto passa também a ser um máximo de carreira para o peruano.

Todos os resultados do Challenger de Zagreb:

Ronda 1:

  • [1] Federico Coria d. Mohamed Safwat, 6-4 e 7-6[7]
  • Juan Manuel Cerúndolo d. Evgeny Donskoy, 6-3 e 6-2
  • Botic Van de Zandschulp d. Michael Mmoh, 6-4, 3-6 e 7-5
  • Alejandro Tabilo d. [6] Benjamin Bonzi, 6-4 e 6-1
  • Nikola Milojevic d. [4] Yasutaka Uchiyama, 6-3 e 6-2
  • Leonardo Mayer d. Frederico Silva, 6-3, 6-7[4] e 6-3
  • Blaz Rola d. [WC] Antun Vidak, 6-0 e 6-1
  • Juan Pablo Varillas d. [5] Pedro Sousa, 7-6[4] e 7-5
  • [8] Thiago Seyboth Wild d. Roman Safiullin, 0-6, 7-5 e 7-5
  • [WC] Borna Gojo d. [Q] Ernests Gulbis, 7-6[5] e 7-6[5]
  • [Q] Marcelo Tomás Barrios Vera d. [Alt] Dmitry Popko, 6-4 e 6-2
  • [3] Andrej Martin d. Jason Jung, 2-6, 7-6[4] e 4-0 ret.
  • [7] Damir Dzumhur d. Go Soeda, 6-4 e 6-3
  • [Q] Sebastian Báez d. [Q] Ramkumar Ramanathan, 6-4 e 6-0
  • Kacper Zuk d. Jurij Rodionov, 4-6, 6-3 e 6-3
  • [2] Pedro Martínez d. [WC] Nino Serdarusic, 6-4, 6-7[1] e 6-3

Ronda 2:

  • Juan Manuel Cerúndolo d. [1] Federico Coria, 7-6[4] e 6-2
  • Botic Van de Zandschulp d. Alejandro Tabilo, 6-1, 2-6 e 6-4
  • Nikola Milojevic d. Leonardo Mayer, 7-6[4] e 6-2
  • Juan Pablo Varillas d. Blaz Rola, 6-4 e 6-2
  • [8] Thiago Seyboth Wild d. [WC] Borna Gojo, 7-5 e 6-4
  • [Q] Marcelo Tomás Barrios Vera d. [3] Andrej Martin, 2-6, 6-3 e 6-2
  • [Q] Sebastian Báez d. [7] Damir Dzumhur, 6-7[5], 6-1 e 7-5
  • [2] Pedro Martínez d. Kacper Zuk, 7-6[6] e 6-2

Quartos de final:

  • Juan Manuel Cerúndolo d. Botic Van de Zandschulp, 6-4, 6-7[3] e 6-2
  • Juan Pablo Varillas d. Nikola Milojevic, 7-6[3] e 6-3
  • [Q] Marcelo Tomás Barrios Vera d. [8] Thiago Seyboth Wild, 6-4 e 6-2
  • [Q] Sebastian Báez d. [2] Pedro Martínez, 3-6, 6-3 e 6-4

Meias-finais:

  • Juan Pablo Varillas d. Juan Manuel Cerúndolo, 5-1 ret.
  • [Q] Sebastian Báez d. [Q] Marcelo Tomás Barrios Vera, 6-3 e 6-4

Final:

  • [Q] Sebastian Báez d. Juan Pablo Varillas, 3-6, 6-3 e 6-1
Total
0
Shares
Total
0
Share