Barty desiste a meio caminho da vitória e Coco Gauff atinge as maiores meias-finais da carreira

Aos 17 anos, Coco Gauff vai jogar pela primeira vez as meias-finais do quadro principal de singulares de um torneio WTA 1000 e estrear-se no top 100 do ranking mundial. A norte-americana nem estava a ter um dia feliz em Roma, Itália, mas beneficiou da desistência da número um do mundo, Ashleigh Barty, para seguir em frente no Internazionali BNL d’Italia.

Depois de várias interrupções devido à chuva, a tenista australiana liderava por 6-4 e 2-1 quando chamou o fisioterapeuta e, já depois de ter colocado mangas de compressão na perna e no braço, abdicou da conclusão do encontro para surpresa de tudo o e todos.

Assim, Gauff atingiu pela primeira vez as meias-finais de um torneio desta dimensão e, por consequente, assegurou a estreia no top 30 do ranking WTA. Para além da classificação mundial, este resultado também tem influência na corrida a um lugar para os Jogos Olímpicos, dado que apenas se qualificam no máximo quatro tenistas por país e, neste momento, a jovem norte-americana ainda tem seis compatriotas à sua frente…

De volta a Roma, Coco Gauff vai discutir o apuramento para a final do Internazionali BNL d’Italia com a vencedora do encontro entre a polaca Iga Swiatek e a ucraniana Elina Svitolina, enquanto na metade inferior do quadro a meia-final colocará frente a frente Karolina Pliskova e Petra Martic.

Total
2
Shares
Total
2
Share