Opelka continua a surpreender tudo e todos e é o quartofinalista mais inesperado em Roma

Reilly Opelka está longe de ser um ás em terra batida (até esta semana tinha duas vitórias em quadros principais, uma delas no Millennium Estoril Open), mas contou com a ajuda do seu potente e característico serviço para voltar a surpreender e assinar um dos melhores resultados da carreira ao carimbar o apuramento para os quartos de final do ATP Masters 1000 de Roma, em Itália.

Número 47 mundial, o norte-americano de 23 anos disparou 18 ases (e um total de 28 winners) para derrotar o russo Aslan Karatsev (27.º, que na véspera afastou o compatriota Daniil Medvedev) em duas partidas, com os parciais de 7-6(6) e 6-4.

Com 23 anos, esta é a segunda vez que Reilly Opelka atinge os quartos de final de um ATP Masters 1000 e primeira em terra batida, depois de o ter conseguido em agosto de 2020, no piso rápido de Cincinnati.

Para continuar a seguir em frente — e aumentar o carácter surpreendente de uma campanha que já contava com vitórias sobre Richard Gasquet e Lorenzo Musetti —, o tenista de 2.11m terá de passar ou pelo canadiano Félix Auger-Aliassime, ou pelo argentino Federico Delbonis.

Total
1
Shares
Total
1
Share