Tsitsipas, Shapovalov e Berrettini garantem vaga na terceira ronda em Roma

A jornada desta quarta-feira em Roma continua recheada de grandes encontros e sem grandes surpresas no quadro masculino, exceção feita à pesada derrota sofrida por David Goffin às mãos de Federico Delbonis (6-2 e 6-1). À medida que o dia se aproxima do fim, vão ficando preenchidas todas as vagas na terceira ronda, com Stefanos Tsitsipas, Denis Shapovalov e Matteo Berrettini a terem garantido um bilhete para a próxima fase.

Tsitsipas, campeão em Monte Carlo e vice-campeão em Barcelona, saiu por cima frente ao vice-campeão do Millennium Estoril Open, Marin Cilic, com parciais de 7-5 e 6-2. O croata liderava o confronto direto por 1-0, mas tinha uma estatística muito negativa contra si: tinha somado por derrotas os dez jogos realizados contra tenistas do top 5 desde que venceu Rafael Nadal nos quartos de final do Australian Open em 2018.

O helénico, que estava em busca da 28.ª vitória na presente temporada, teve o primeiro break point no sexto jogo, mas Cilic conseguiu dar a volta à situação. Pouco depois foi a vez do croata dispor de duas chances, mas Tsitsipas também não deu o braço a torcer. Por fim, o grego acabou por marcar a diferença quando Cilic servia para forçar o tiebreak. O número 43 mundial eliminou os primeiros dois set points, mas não teve capacidade para eliminar o terceiro e cedeu o parcial. A derrota no primeiro set acabou também com a resistência de Marin Cilic, que viu Tsitsipas arrancar a todo o gás na segunda partida e abrir rapidamente uma vantagem de 3-0. O grego perdeu apenas cinco pontos ao serviço no segundo set e marcou encontro com Matteo Berrettini na próxima ronda.

Depois do vice-campeonato em Madrid, Berrettini somou a segunda vitória em Roma. O tenista italiano teve uma segunda ronda bem mais tranquila perante o australiano John Millman e venceu por 6-4 e 6-2. Berrettini não enfrentou qualquer break point em todo o encontro, quebrou o serviço de Millman por três vezes e venceu 79% dos pontos com a primeira bola (26/33).

Em busca de regressar aos grandes resultados, Denis Shapovalov também conseguiu a segunda vitória na capital italiana. O tenista de 22 anos, que defende os pontos das meias-finais alcançadas na época passada, venceu Stefano Travaglia por 7-6[2] e 6-3. No primeiro encontro entre ambos, Shapovalov assinou umas preocupantes dez duplas faltas, mas venceu 90% dos pontos com o primeiro serviço, eliminou os três break points que enfrentou e quebrou o ‘saque’ de Travaglia por duas vezes para chegar à 11.ª vitória em 20 encontros em 2021. Na terceira ronda, o canadiano fica à espera de Jannik Sinner ou Rafael Nadal.

Total
1
Shares
Total
1
Share