Thiem escapa à eliminação e acaba em grande para seguir em frente em Roma

O austríaco Dominic Thiem voltou a vencer um encontro de estreia no Masters 1000 de Roma, algo que não acontecia desde 2017, ano em que atingiu as meias-finais que até hoje permanecem como melhor registo na capital italiana. Esta quarta-feira, o número quatro mundial esteve muito perto de ser eliminado em dois sets por Marton Fucsovics (44.º ATP), mas sobreviveu ao tiebreak do segundo set e terminou o encontro em grande, de forma a vencer por 3-6, 7-6[5] e 6-0.

A defrontarem-se pela segunda vez no circuito ATP e pela quinta na carreira, sendo que Thiem venceu sempre, o tenista húngaro procurava um final diferente desta vez. Na verdade, o encontro começou muito bem para Fucsovics, que se manteve mais sólido no serviço durante o primeiro parcial e soube atacar o segundo ‘saque’ de Thiem. O menor cotado liderou por 3-1, viu Thiem recuperar para 3-3, mas manteve a concentração e venceu os três jogos seguintes para se adiantar no marcador.

Na segunda partida, Thiem voltou a estar em apuros. Marton Fucsovics chegou ao break no quarto jogo e parecia tudo muito bem encaminhado para que o húngaro causasse uma enorme surpresa. No entanto, o austríaco batalhou e devolveu o break de imediato. O parcial seguiu para um tiebreak onde nenhum dos dois parecia querer perder um ponto ao serviço, sendo que Fucsovics acabou por cometer um erro na pior altura e permitiu que Thiem convertesse o set point.

O desfecho do segundo parcial foi fatal para Fucsovics, que não voltou a encontrar-se no court. A terceira partida apresentou um contraste muito grande entre ambos no que ao primeiro serviço diz respeito: Thiem venceu todos os nove pontos disputados com a sua primeira bola, ao passo que Fucsovics venceu apenas um dos dez que jogou com o primeiro ‘saque’. A viver o melhor momento no encontro, o tenista de 27 anos eliminou três break points na terceira partida e converteu outros três para aplicar um “pneu” e seguir para a terceira ronda, onde aguarda por Gianluca Mager (90.º ATP) ou Lorenzo Sonego (33.º ATP).

Ainda esta manhã, Roberto Bautista Agut (11.º ATP) e Alejandro Davidovich Fokina (48.º ATP) também asseguraram o apuramento para a próxima ronda. O tenista espanhol derrotou Cristian Garín (22.º ATP) por 7-6[5] e 6-3 e vai defrontar Andrey Rublev (7.º ATP) ou Jan-Lennard Struff (41.º ATP). Fokina, por outro lado, saiu por cima num duelo entre tenistas que estiveram no Millennium Estoril Open. O espanhol, semifinalista no Clube de Ténis do Estoril, venceu o vice-campeão Cameron Norrie (49.º ATP) por 6-2 e 6-3 e vai defrontar Novak Djokovic, líder do ranking, na próxima eliminatória.

Total
1
Shares
Total
1
Share