Frederico Silva cai perante ex-top 25 mundial na estreia em Zagreb

Millennium Estoril Open

O português Frederico Silva foi esta terça-feira derrotado na primeira ronda do Challenger de Zagreb, na Croácia. O tenista caldense não conseguiu contrariar o bom nível de ténis apresentado pelo argentino Leonardo Mayer, ex-número 21 mundial e atual 159.º classificado na hierarquia mundial, e cedeu em três sets pelos parciais de 6-3, 6-7[4] e 6-3.

O tenista luso teve dificuldades para contrariar o peso de bola que Mayer impôs nas suas pancadas, nomeadamente na direita e no primeiro serviço. O argentino assinou um total de dez ases e parecia bem encaminhado para um triunfo em sets diretos, já que chegou a liderar com um break de vantagem durante grande parte da segunda partida. Quando chegou à altura de servir a 5-4 para a vitória, Mayer não conseguiu fechar e Frederico Silva ganhou uma nova vida. O número três nacional forçou o tiebreak e chegou ao set point com uma maravilhosa direita ao longo da linha, antes de fechar o parcial com mais um winner de direita.

Na terceira partida, Mayer voltou a quebrar cedo o serviço ao português e agarrou-se a essa vantagem até ao final. Com o resultado em 3-1, Frederico Silva ainda descobriu dois break points, mas o argentino conseguiu eliminá-los (salvou cinco dos seis que enfrentou durante o encontro) e saiu por cima nos jogos de serviço restantes, ainda que o português tenha sempre forçado as vantagens.

Com a derrota na estreia em Zagreb, Frederico Silva segue as pisadas de Pedro Sousa e também se despede da cidade croata. O tenista luso está inscrito como 17.º alternate para o Challenger de Oeiras da próxima semana, mas poderá sempre ser uma das hipóteses da organização para receber um dos seis wild card disponíveis (três para o quadro principal e três para o qualifying).

Total
2
Shares
Total
2
Share