Frederico Silva tem um novo máximo de carreira no ranking ATP, Pedro Sousa aproxima-se de João Sousa

Millennium Estoril Open

Frederico Silva é o tenista português em maior destaque na atualização do ranking ATP desta segunda-feira, ao atingir um novo máximo de carreira que o coloca pela primeira vez no top 170 mundial.

Depois de passar uma ronda no qualifying do Millennium Estoril Open, o tenista caldense de 26 anos chegou aos quartos de final do Challenger de Praga, na República Checa, e conseguiu garantir uma subida de quatro lugares que o levou até à 170.ª posição.

Assim, Frederico Silva tornou-se no nono jogador português a chegar ao lote dos 170 primeiros na hierarquia individual masculina, seguindo os passos dos compatriotas João Sousa, Gastão Elias, Rui Machado, Frederico Gil, Nuno Marques, Pedro Sousa, João Cunha e Silva e João Domingues.

Para além de Frederico Silva, também Pedro Sousa subiu na última atualização do ranking: o lisboeta de 32 anos ganhou duas posições e surge no 111.º lugar, a apenas quatro de “apanhar” João Sousa, que manteve o 107.º posto.

Entre os 10 melhores classificados, João Domingues perdeu 13 lugares (227.º) e Tiago Cação cinco (529.º), enquanto Nuno Borges manteve o 301.º, mas deverá subir na próxima semana, quando forem adicionados os pontos relativos à final no ITF de 15.000 dólares em Majadahonda, Espanha.

Total
3
Shares
Total
3
Share