Nuno Borges atinge terceira final do ano em Majadahonda

Millennium Estoril Open

Nuno Borges apurou-se este sábado para a final do ITF M15 de Majadahonda, em Madrid. O tenista português apresentou um belo nível nas meias-finais, perante um dos cabeças de série da prova, e vai disputar a terceira final de singulares da temporada, depois de ter sido campeão no M15 de Antália, em fevereiro, e finalista no segundo Challenger 50 realizado em Oeiras.

O tenista maiato, que defende o estatuto de primeiro cabeça de série em Majadahonda, venceu o francês Matteo Martineau (378.º ATP), quarto melhor cotado, com os parciais de 6-4 e 6-2. Borges esteve praticamente sempre a controlar o encontro, ainda que o gaulês tinha dado uma excelente réplica no primeiro parcial, que ficou decidido com um único break quando Martineau servia a 4-5 para se manter no set.

Na segunda partida, e galvanizado pela vitória no primeiro parcial, Borges assumiu o controlo total. Depois de dois jogos de serviço muito renhidos no arranque, o tenista português avançou para o break não uma, mas duas vezes e colocou-se a servir a 5-1 para fechar o encontro. Nessa altura, Martineau conseguiu finalmente converter um break point – o sétimo no encontro – e adiou o final do embate por mais alguns instantes. Logo a seguir, o francês regressou ao serviço para tentar chegar-se ainda mais perto no resultado, mas sofreu um terceiro break e a consequente derrota.

Apurado para a terceira final da temporada em singulares, Nuno Borges vai agora procurar o segundo título. O maiato, de 24 anos, tem um registo de 10-7 em finais no circuito ITF e vai disputar a 19.ª da carreira, 18.ª neste circuito. O adversário de Borges para a final de domingo vai sair do confronto entre o terceiro cabeça de série, o espanhol Oriol Roca Batalla (362.º ATP), e o suíço Johan Nikles (507.º ATP).

Total
15
Shares
Total
15
Share