Francisca Jorge vende cara a derrota nos quartos de final em Salinas

Sara Falcão/FPT

A portuguesa Francisca Jorge foi esta sexta-feira afastada do quadro de singulares do ITF W25 de Salinas, no Equador. A número um nacional conseguiu disputar o encontro até ao final perante a mais experiente Valeria Savinykh, número 186 mundial e primeira cabeça de série da prova, mas terminou derrotada pelos parciais de 6-3, 3-6 e 6-3.

A vimaranense sofreu o primeiro break logo no jogo inaugural, mas respondeu à altura e fez o contra-break. A tenista de 21 anos manteve-se durante grande parte do parcial em vantagem, mas acabou por sofrer um segundo break que foi fatal para as contas do set. Com o resultado em 3-3, a atleta natural de Guimarães cedeu o serviço e não conseguiu reentrar na discussão do parcial, que terminou com três jogos consecutivos para Savinykh.

A resposta da atleta lusa chegou no segundo parcial. Apesar de Savinykh ter encontrado resposta para um primeiro break conseguido por Francisca Jorge, a número 459 mundial não baixou os braços e levou a russa a provar do próprio veneno: venceu os últimos três jogos do parcial e igualou o encontro.

Apesar de ter sofrido o break logo no primeiro jogo do terceiro set, a melhor tenista portuguesa da atualidade soube lidar com a situação e esteve sempre muito perto de devolver a gentileza a Savinykh. Francisca Jorge acabou mesmo por fazer o break no quarto jogo e passou de seguida para a liderança do marcador (3-2). Contudo, a vimaranense não conseguiu vencer qualquer jogo daí em diante, ainda que tenha tido tudo para o fazer.

A servir a 3-3, “Kika” teve uma vantagem de 40-15 e acabou por sofrer o break, ao qual Savinykh juntou um jogo de serviço em branco para chegar ao 5-3. A servir novamente e desta vez para se manter no encontro, a tenista portuguesa liderou por 40-0, mas perdeu os cinco pontos seguintes, sofreu novo break e acabou eliminada em duas horas e 26 minutos.

Apesar do desaire, a presença nos quartos de final pode valer a Francisca Jorge um novo máximo de carreira no ranking WTA. Nesta altura, a vimaranense é a virtual 455.ª classificada, registo superior ao 456.º lugar que permanece ainda como melhor da carreira da tenista minhota.

Francisca Jorge, que vai competir novamente em Salinas na próxima semana, continua ainda em prova na variante de pares e regressa ao court ainda esta sexta-feira para procurar o apuramento para a final. A atleta de 21 anos faz parceria com a sueca Jacqueline Cabaj Awad e vai ter pela frente a belga Magali Kempen e a norte-americana Rasheeda McAdoo.

Total
7
Shares
Total
7
Share