Sabalenka na terceira ronda em Madrid com novo festival de winners

A bielorrussa Aryna Sabalenka está apurada para a terceira ronda do Mutua Madrid Open. Este domingo, a número sete mundial voltou a dar espetáculo na Caja Mágica e afastou a russa Daria Kasatkina (37.ª WTA) com os parciais de 6-3 e 6-3 em 81 minutos de encontro.

Tal como no primeiro encontro em Madrid, Sabalenka voltou a proporcionar um verdadeiro festival de winners. Depois dos 37 que apontou na vitória frente a Vera Zvonareva, a quinta melhor cotada na terra batida madrilena disparou este domingo mais 40 winners perante Kasatkina, que se ficou apenas pelos nove. Sabalenka também cometeu muitos mais erros (33 contra 13), é certo, mas o poder de fogo da bielorrussa a partir do fundo do court voltou a ficar bem demonstrado em mais uma exibição de grande nível.

Com uma entrada muito boa no encontro, Sabalenka venceu os primeiros três jogos e ainda teve mais dois break points para avançar para o 4-0. O segundo break acabou por chegar ao sexto jogo e a melhor cotada ficou na posição de servir para fechar o parcial. Nessa altura, Kasatkina conseguiu fazer o único break do encontro (converteu apenas uma das quatro oportunidades) e adiou o fim do set. Quando voltou a servir para conquistar o parcial, Sabalenka enfrentou novamente um break point, mas desta vez saiu por cima e fechou o set nas vantagens.

No arranque do segundo set, a bielorrussa enfrentou mais dois break points no primeiro jogo de serviço, mas conseguiu dar a volta por cima e evitar o break. No jogo seguinte, foi Sabalenka a avançar para a quebra de serviço e Kasatkina não mais voltou a entrar na discussão do resultado. A russa enfrentou break points em todos os jogos de serviço até ao fim do encontro, sendo que acabou mesmo por ceder um segundo break quando servia a 5-3 para se manter em jogo.

Com mais uma vitória autoritária, Aryna Sabalenka está apurada para a terceira ronda em Madrid. A bielorrussa, que não perde em sets diretos desde o US Open e que só teve cinco derrotas desde então, pode vir a medir forças com a última tenista que a venceu em sets diretos nessa edição do Grand Slam norte-americano: Victoria Azarenka (15.ª WTA). Para isso, a 12.ª melhor cotada tem de vencer este domingo a norte-americana Jessica Pegula (33.ª WTA).

Total
3
Shares
Total
3
Share