Maria Gutierrez Carrasco é a campeã do Jamor Magnesium-K Active Ladies Open

Sara Falcão/FPT

Maria Gutierrez Carrasco é a campeã do Jamor Magnesium-K Active Ladies Open. Aos 23 anos, a tenista espanhola (número 464 do ranking WTA) conquistou o segundo título da carreira ao derrotar a russa Marina Melnikova (201.ª), por 6-3 e 6-2, na final de singulares do torneio de 25.000 dolares organizado pela Federação Portuguesa de Ténis no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras.

A jogar a terceira final da carreira, todas em Portugal, Gutierrez Carrasco chegou ao segundo título graças a uma exibição extremamente sólida e eficaz: no primeiro parcial converteu o único ponto de break de que dispôs e salvou os dois que enfrentou, no segundo aproveitou os três que criou e só não salvou um dos oito que enfrentou.

“Estou muito, muito feliz. Viajamos sempre com o objetivo de fazer o melhor possível, mas não esperava sagrar-me campeã esta semana. Tive encontros muito difíceis em dias consecutivos, mas no final o trabalho físico que fazemos ao longo do ano notou-se. A final foi mais curta, mas já vinha cansada e um pouco mais nervosa, por isso notou-se, mas estou muito contente”, confessou depois da final.

Com 23 anos, Maria Gutierrez Carrasco juntou o título no Jamor Magnesium-K Active Ladies Open ao que já tinha conquistado há dois anos, no ITF de 15.000 dólares de Santarém. Pelo meio, em agosto de 2020, foi finalista do ITF que a Federação Portuguesa de Ténis organizou no Clube Escola de Ténis de Oeiras (CETO), o primeiro torneio feminino a realizar-se após a retoma dos circuitos.

O Jamor Magnesium-K Active Ladies Open colocou um ponto final na série de cinco torneios consecutivos organizados pela Federação Portuguesa de Ténis, mas o ténis regressará em breve ao concelho de Oeiras e ao Complexo Desportivo do Jamor, com a realização de um ATP Challenger 125 (a categoria mais alta do circuito Challenger) e de um ATP Challenger 50 entre 16 e 30 de maio.

Total
4
Shares
Total
4
Share