Não há dois sem três: Brooksby conquista terceiro Challenger em 2021

Aos 20 anos de idade, Jenson Brooksby está a realizar a melhor temporada da carreira e a afirmar-se como uma das grandes promessas do ténis norte-americano. Este domingo, o número 194 mundial, que se tornou profissional apenas na época passada, conquistou o terceiro Challenger da temporada e o segundo consecutivo. Depois de ter ganho em Orlando na última semana, Brooksby triunfou em Tallahassee.

Numa final contra o compatriota Bjorn Fratangelo (221.º ATP), Brooksby saiu por cima numa batalha que durou duas horas e 22 minutos, com os parciais de 6-3, 4-6 e 6-3. O campeão da prova enfrentou um total de 19 break points durante o encontro, mas foi capaz de eliminar 16 deles e concretizou os cinco que teve a favor. A eficácia nos pontos mais importantes acabou por ser determinante para que o jovem de 20 anos conseguisse alcançar a vitória.

O registo de Jenson Brooksby no circuito Challenger em 2021 é, até ao momento, impressionante. Em 21 encontros realizados, Brooksby venceu 19, conquistou três troféus pelo meio e detém o melhor arranque de uma temporada no circuito Challenger desde… Kei Nishikori, na temporada de 2010. Brooksby, que vai subir ao 166.º lugar do ranking ATP, é também o primeiro norte-americano a vencer três Challengers na mesma temporada desde Sam Querrey, que conseguiu a proeza em 2006, quando tinha 18 anos de idade.

Os resultados completos do Challenger de Tallahassee:

Ronda 1:

  • Yosuke Watanuki d. [Q] Agustín Velotti, 6-3 e 6-4
  • Mikael Torpegaard d. [Alt] Thomaz Bellucci, 7-6[1] e 7-5
  • [Q] Alexander Ritschard d. Renzo Olivo, 4-6, 6-4 e 6-3
  • João Menezes d. Roberto Cid Subervi, 7-5 e 6-4
  • Facundo Mena d. [WC] Toby Alex Kodat, 6-3 e 6-1
  • Thai-Son Kwiatkowski d. Mitchell Krueger, 3-6, 7-6[4] e 6-3
  • [WC] Ryan Harrison d. [LL] Donald Young, 2-6, 6-3 e 6-3
  • Jenson Brooksby d. [WC] Martin Damm, 6-7[11], 6-1 e 6-2
  • [8] Michael Mmoh d. Peter Polansky, 7-5 e 7-6[5]
  • [Q] Filip Cristian Jianu d. [7] Dmitry Popko, 6-7[5], 6-3 e 6-4
  • Brayden Schnur d. [6] Juan Manuel Cerúndolo, 6-3, 3-6 e 6-4
  • Bjorn Fratangelo d. [5] Ivo Karlovic, 7-6[5], 6-7[3] e 7-6[4]
  • [4] Jason Jung d. Jack Sock, 2-6, 6-3 e 6-4
  • [Alt] Pedro Sakamoto d. [3] Prajnesh Gunneswaran, 6-2, 2-6 e 6-4
  • [2] Denis Kudla d. [Q] Alex Rybakov, 3-6, 7-5 e 6-1
  • [1] Thiago Seyboth Wild d. Tomás Martín Etcheverry, 6-3 e 6-1

Ronda 2:

  • Mikael Torpegaard d. [Alt] Pedro Sakamoto, 6-0, 3-6 e 6-1
  • Facundo Mena d. Brayden Schnur, 4-6, 6-3 e 6-4
  • [Q] Filip Cristian Jianu d. João Menezes, 6-4 e 6-4
  • Bjorn Fratangelo d. Yosuke Watanuki, w.o.
  • [8] Michael Mmoh d. [WC] Ryan Harrison, 6-4 e 6-3
  • Thai-Son Kwiatkowski d. [4] Jason Jung, 6-3 e 6-2
  • [2] Denis Kudla d. [Q] Alexander Ritschard, 6-3, 2-6 e 7-6[5]
  • Jenson Brooksby d. [1] Thiago Seyboth Wild, 7-6[6] e 6-4

Quartos de final:

  • Facundo Mena d. Mikael Torpegaard, 6-1 e 7-6[3]
  • Bjorn Fratangelo d. Thai-Son Kwiatkowski, 7-5 e 6-4
  • Jenson Brooksby d. [8] Michael Mmoh, 1-6, 6-1 e 4-1 ret.
  • [2] Denis Kudla d. [Q] Filip Cristian Jianu, 7-6[8], 3-6 e 7-5

Meias-finais:

  • Jenson Brooksby d. Facundo Mena, 6-3, 4-6 e 6-4
  • Bjorn Fratangelo d. [2] Denis Kudla, 7-6[2] e 6-2

Final:

  • Jenson Brooksby d. Bjorn Fratangelo, 6-3, 4-6 e 6-3
Total
1
Shares
Total
1
Share