Andy Murray: «Se não queres continuar em bolhas tens de apoiar a vacinação»

De um ex-número um mundial… Para o número um mundial. Não diretamente, mas suficientemente explícito, Andy Murray voltou a reforçar a importância dos tenistas profissionais serem a favor da vacinação contra a covid-19 para regressarem à normalidade do circuito mundial o quanto antes.

“Se não queres continuar em bolhas tens de apoiar a vacinação. Não podemos simplesmente dizer ‘quero viver normalmente, sem estar em bolhas, mas não quero ser vacinado.’ Para mim isso não faz sentido nenhum”, afirmou, de forma peremptória, o tenista britânico de 33 anos, em declarações à agência de notícias PA.

“É claro que não é divertido ficar em bolhas, em Miami por exemplo olhávamos pela janela e víamos a cidade completamente aberta, e reconheço que é cansativo, mas ao mesmo tempo olho para o Brasil e vejo que só no último mês morreram 60.000 pessoas por causa do coronavírus, portanto se é isto que temos de fazer para continuarmos a ter o nosso trabalho e garantirmos alguma segurança aos torneios, então seja”, acrescentou Murray, que já por diversas vezes defendeu a importância da vacinação contra a covid-19.

Total
1
Shares
Total
1
Share