Djokovic em ritmo de cruzeiro na procura pela terceira coroa em casa

O sérvio Novak Djokovic está no bom caminho para conquistar o 83.º título da carreira e o terceiro no país natal. O número um mundial bateu esta sexta-feira o compatriota Miomir Kecmanovic (47.º ATP), com os parciais de 6-1 e 6-3, e carimbou o passaporte para as meias-finais do ATP 250 de Belgrado.

Djokovic não deu grande espaço para que Kecmanovic conseguisse sequer discutir o encontro. O sérvio ainda sofreu um break, mas também quebrou o serviço do menor cotado por cinco vezes e deu um recital na resposta. O líder do ranking mundial venceu 63% dos pontos na resposta ao primeiro ‘saque’ de Kecmanovic (19/30) e saiu por cima em 75% dos pontos que jogou com a sua primeira bola (24/32).

Depois de um primeiro set avassalador, Djokovic arrancou novamente muito forte na segunda partida. O sérvio quebrou o serviço de Kecmanovic no jogo inaugural e ficou em vantagem até ao final do encontro. Kecmanovic ainda conseguiu um break quando Djokovic servia a 5-2 para a vitória, mas o sérvio fez de imediato o contra-break e fechou o encontro em 76 minutos.

A uma vitória de atingir a final, Novak Djokovic vai discutir o apuramento para o derradeiro encontro com o russo Aslan Karatsev (28.º ATP). O terceiro cabeça de série derrotou o qualifier italiano Gianluca Mager (98.º ATP), por 6-3 e 6-4, no encontro que encerrou a jornada. Na outra metade do quadro, Matteo Berrettini (10.º ATP), segundo cabeça de série, derrotou Filip Krajinovic (33.º ATP) por 6-4 e 6-4 e agendou encontro com o lucky loser Taro Daniel (126.º ATP), o carrasco de João Sousa, que afastou Federico Delbonis (84.º ATP) por 4-6, 6-1 e 7-5.

Total
2
Shares
Total
2
Share