Mandy Minella vence duelo de gerações em Oeiras

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Dia de muitos e bons encontros no Clube Escola de Ténis de Oeiras. Esta quarta-feira sete duelos da segunda ronda do ITF de 25.000 dólares ficaram por incluir, incluído o de Francisca Jorge, ao qual se juntaram todos os embates da ronda seguinte. Concluída a super quinta-feira, as oito tenistas que irão disputar os quartos de final já são conhecidas, e com algumas caras bem conhecidas.

O duelo mais interessante do dia acabou por nem necessitar de terceiro set, um padrão recorrente em grande parte dos encontros decorridos no CETO durante a jornada. Mandy Minella e Diane Parry protagonizaram um contraste de estilos e de gerações super aliciante que caiu para o lado da mais experiente. Minella, luxemburguesa de 35 anos, antiga 47 do mundo em 2013 e a competir apenas pela segunda vez desde que deu à luz o segundo filho (o primeiro torneio foi na semana passada, também em Portugal, no Jamor), impôs-se numa chuva de winners e bom ténis face à prodígio francesa de 18 anos, Diane Parry, número um de juniores em 2019. O resultado final fixou-se num 6-4, 7-6(9) de 2h26, mas jovem francesa liderou em ambos os parciais e por pouco não levou o desafio a terceiro e decisivo set. Mandy Minella, quinta cabeça-de-série e atual 187 do ranking, vai medir agora forças na fase das oito melhores tenistas com a suiça Simona Waltert.

Outro encontro bastante animado, como se antevia, colocou frente a frente Eva Guerrero Alvarez e Beatriz Haddad Maia, duas jogadoras que batem muito forte na bola. Guerrero, jovem de 21 anos e 234 do mundo, bateu em mais de três horas a antiga 58 da hierarquia, recuperando de break abaixo no parcial de todas as decisões. A espanhola, vencedora do Porto Open em 2019, encara agora nos quartos de final Anhelina Kalinina, precisamente a tenista com quem perdeu na mesma fase a semana passada, no 60.000 dólares jogado no Jamor. a ucraniana, terceira favorita, ultrapassou a croata Lea Boskovic por 6-4 e 6-2.

Nos restantes embates dos quartos de final, Julia Grabher (austríaca oitava cabeça-de-série) defronta Su Jeong Jang, que bateu Giulla Gatto-Monticone (quarta favorita) e surpreendeu Rebecca Marino, outrora 38ª melhor tenista mundial, mas atualmente no lugar 232 e sem a agilidade dos tempos áureos. Já a russa Marina Melnikova – que também conquistou uma dupla vitória nesta quinta-feira, primeiro face a Francisca Jorge, depois com a sexta favorita Chloe Paquet – terá pela frente a australiana Seone Mendez, responsável pela eliminação da italiana Lucia Bronzetti, que no encontro mais longo do torneio (3h38) tinha tirado de cena, de manhã, a segunda pré-designada, a japonesa Kurumi Nara, a tenista, em termos de ranking já obtido, melhor cotada da competição, em virtude do 32º posto alcançado em 2014.

Total
2
Shares
Total
2
Share