Rublev insatisfeito mas apurado para a próxima ronda em Barcelona

O russo Andrey Rublev entrou a ganhar no ATP 500 de Barcelona, depois de se ter sagrado vice-campeão do Masters 1000 de Monte Carlo. O número sete mundial superou o lucky loser Federico Gaio (138.º ATP) por 6-4 e 6-3 e apurou-se para a terceira ronda da prova.

Apesar do triunfo obtido em 84 minutos, Rublev não se mostrou totalmente satisfeito com o que se passou em court. O tenista russo, que é o terceiro cabeça de série e que por isso só se estreou na segunda ronda, deixou transparecer várias vezes alguma frustração com o estilo de jogo do adversário e pareceu também não estar totalmente satisfeito com a tensão das cordas da raquete.

Ainda assim, o russo venceu 79% dos pontos jogados com o primeiro serviço (26/33), eliminou cinco dos seis break points que enfrentou e quebrou o serviço de Gaio por três vezes para sair vencedor. “Foi mais mental hoje”, afirmou Rublev no final do encontro. “Consegui a vitória, que era o mais importante, mas estou zangado. Quando não estás a raciocinar, procuras sempre desculpas, mas tenho de aprender a controlar as minhas emoções”, acrescentou o tenista de 23 anos, que vai defrontar o espanhol Albert Ramos (46.º ATP) na terceira ronda. Rublev lidera o confronto direto por 2-1, mas esta será a primeira vez que os dois se defrontam em terra batida, o piso adorado do espanhol.

Total
2
Shares
Total
2
Share