Chuva interrompe encontro de Francisca Jorge no CETO em dia de aniversário

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Depois da dura vitória ontem frente a Carolina Meligeni, Francisca Jorge, num dia onde completa 21 primaveras, voltou ao court Central do Clube Escola de Ténis de Oeiras para a segunda ronda do Oeiras Magnesium-K Active Ladies Open. Do outro lado da rede encontrou a russa Marina Melnikova, nona cabeça-de-série, e estava em desvantagem por 6-2 quando a chuva forçou à interrupção do embate para nunca mais permitir o recomeço.

As previsões meteorológicas não eram animadoras e acabaram por se verificar, ainda que mais tarde do que o previsto. Francisca Jorge e Marina Melnikova ainda disputaram um set pautado pelo equilíbrio, com a mais credenciada (210 do ranking WTA) a prevalecer nos pontos importantes do parcial. A número um nacional e 460 da atualidade foi quebrada em três ocasiões e em todas elas dispôs de pontos a seu favor para fechar os jogos de serviço. Os segundos serviços foram uma brecha no jogo da vimaranense, não conseguindo aproveitar nenhum dos seis pontos com a segunda pancada de saída.

“Não fui muito determinada para fechar esses pontos importantes e precisava de ter saído da minha zona de conforto. Amanhã tenho de ser mais agressiva e aceitar que posso falhar uma ou outra bola. Não posso baixar a intensidade senão ela pega no jogo e eu ando a correr de um lado para o outro. Preciso também de ser mais positiva, estive um pouco negativa e nervosa por sentir que tinha as minhas hipóteses e não estava a conseguir singrar. Amanhã é um novo dia, talvez a chuva me tenha ajudado, e vou tentar acordar positiva e mentalizada em ganhar dois sets”, referiu no final.

O duelo será retomado esta quinta-feira, já com transmissão em direto na Sport TV, às 10h. Se Francisca Jorge vencer volta a jogo não antes das 14h30 para defrontar a vencedora do embate entre a francesa Chloe Paquet e a russa Sofya Lansere.

Ainda antes da chuva aparecer em força, foram possível concluir-se nove encontros referentes à segunda ronda. Diane Parry, antiga número um mundial de juniores, jogou muito bom ténis para ultrapassar a virtuosa sérvia Natalija Kostic, décima cabeça-de-série, por duplo 6-2; Mandy Minella, a retomar a competição depois da segunda gravidez e outrora top 50 mundial, bateu sem apelo nem agravo a britânica Emily Webley-Smith, carrasca de Ana Filipa Santos na ronda anterior, cedendo apenas dois jogos; Beatriz Haddad Maia, antiga 58 do ranking e com quatro títulos conquistados em Portugal em 2020, precisou de trabalhar muito para vencer a sul-coreana Na-Lae Han, 11ª pré-designada, prevalecendo por 4-6, 6-1 e 6-2; Anhelina Kalinina – terceira cabeça-de-série e semifinalista no Jamor a semana passada, Eva Guerrero Alvarez, Simona Waltert, Raluca Georgina Serban, Lea Boskovic e Seone Mendez também saíram vitoriosas rumo à terceira ronda.

Total
1
Shares
Total
1
Share