Luís Faria e Francisco Cabral falham acesso ao quadro principal em Antália

Sara Falcão/FPT

Os portugueses Luís FariaFrancisco Cabral estiveram muito perto de ter entrada no quadro principal do ITF de 15 mil dólares de Antália, na Turquia. Contudo, os dois tenistas foram derrotados esta terça-feira, na última ronda da fase de qualificação, e não conseguiram o apuramento para uma fase da prova onde já estava Tiago Cação (que entrou a ganhar também esta terça-feira).

Sexto cabeça de série do qualifying, fruto do 803.º lugar que ocupa no ranking ATP, Luís Faria foi surpreendido pelo francês Mathys Erhard (1147.º ATP). O tenista luso, que defrontava Erhard pela segunda vez na carreira (perdeu na ronda inaugural do qualifying em Monastir, em 2020, por 6-1 e 7-5), não conseguiu impor o seu jogo e voltou a ceder para o tenista gaulês, dois anos mais jovem (Faria tem 21 anos, Erhard tem 19), com os parciais de 6-4 e 6-3.

O mesmo azar teve Francisco Cabral, se bem que a tarefa do tenista de 24 anos era teoricamente mais dura. O atleta luso, 1002.º na hierarquia mundial, mediu forças com o italiano Emiliano Maggioli, 647.º classificado no ranking ATP e primeiro cabeça de série da fase de qualificação. O tenista português lutou até ao fim, mas acabou derrotado exatamente pelos mesmos parciais que o compatriota: 6-4 e 6-3.

Com o afastamento de Luís Faria e Francisco Cabral, a representação portuguesa na variante de singulares em Antália fica ao cargo de Tiago Cação, que se apurou para a segunda ronda. Para Francisco Cabral esta derrota significa mesmo o fim da competição durante esta semana, mas Luís Faria ainda vai fazer dupla com Tiago Cação no quadro de pares.

Total
1
Shares
Total
1
Share