Francisco Cabral e Luís Faria a uma vitória do quadro principal em Antália

Sara Falcão/FPT

Portugal já vai estar representado no quadro principal do ITF de 15 mil dólares de Antália por Tiago Cação, que defende o estatuto de oitavo cabeça de série. Contudo, a comitiva portuguesa pode estar prestes a ficar maior, isto porque Francisco CabralLuís Faria venceram os respetivos encontros desta segunda-feira e estão a uma vitória do quadro principal.

Francisco Cabral, que na primeira ronda liderava por 6-2 e 2-0 quando o húngaro Matyas Fuele se retirou, colocou esta segunda-feira um ponto final na campanha do italiano Fabrizio Andaloro, de 20 anos. O tenista luso, 1002.º na hierarquia mundial, venceu com os parciais de 7-5 e 7-6[4] e marcou encontro na terceira e última ronda do qualifying com o italiano Emiliano Maggioli (647.º ATP), que defende o estatuto de primeiro cabeça de série nesta fase do torneio.

Quem também está a uma vitória do quadro principal é Luís Faria, que defende o estatuto de sexto cabeça de série. O tenista luso de 21 anos tinha afastado o italiano Mattia Rossi na primeira ronda (6-3 e 6-0) e voltou a ter um dia tranquilo frente ao grego Michalis Sakellaridis (2046.º ATP). Faria, que é o 803.º no ranking ATP, venceu por 6-2 e 6-2 e vai discutir o acesso ao quadro principal com o francês Mathys Erhard (1147.º ATP).

Com Francisco Cabral e Luís Faria a poderem atingir o quadro principal, Portugal poderá vir a ter três tenistas nessa fase da prova. Tiago Cação, que na semana passada se sagrou campeão de pares na cidade turca, tem entrada direta e já conhece o adversário na primeira ronda: Oleksii Krutykh, tenista ucraniano de 21 anos e que ocupa o 533.º lugar no ranking ATP.

Total
1
Shares
Total
1
Share