Rublev derrota Ruud e marca encontro com Tsitsipas na final de Monte Carlo

O russo Andrey Rublev está apurado para a final do Masters 1000 de Monte Carlo. Depois de ter derrotado Rafael Nadal na sexta-feira, o número oito mundial deu seguimento ao triunfo sobre o maiorquino e bateu este sábado o norueguês Casper Ruud (27.º ATP) nas meias-finais, por 6-3 e 7-5, em uma hora e 21 minutos.

Sexto cabeça de série em Monte Carlo, Rublev disparou 21 winners para se superiorizar a Ruud e assinar a 24.ª vitória da temporada em 28 encontros realizados. Depois de ter dominado vários torneios da categoria ATP 500, o tenista de 23 anos está agora apurado para a primeira final da carreira em torneios da categoria Masters 1000.

Apesar do triunfo em sets diretos, Rublev teve de recuperar da desvantagem de um break em ambos os parciais. Na primeira partida, Ruud aproveitou o primeiro de três break points para assinar o 2-1, mas Rublev respondeu não só com o contra-break, mas com quatro jogos consecutivos para virar o resultado para 5-2. Pouco depois, o russo fechou o set ao serviço.

Na segunda partida, Rublev até foi o primeiro a chegar ao break, logo no jogo inaugural. Desta vez, no entanto, a resposta de grande nível partiu de Ruud – que se afirma cada vez mais como especialista na terra batida – e o norueguês inverteu uma desvantagem de 0-2 para uma vantagem de 4-2 com um break de vantagem. Porém, Casper Ruud voltou a não conseguir segurar a vantagem que tanto lhe custou a ganhar e Rublev fez de imediato o contra-break. Os dois tenistas trocaram depois jogos de serviço até que o russo avançou para a quinta quebra de serviço no encontro, que lhe permitiu servir para a vitória. Num dado interessante, tanto Rublev como Ruud revelaram 100% de aproveitamento nos break points (5/5 para o russo e 3/3 para o norueguês).

Este domingo, Andrey Rublev vai procurar transformar a primeira final da carreira em Masters 1000 no primeiro título na categoria e no nono da carreira. Para isso, o tenista russo terá que levar de vencida o grego Stefanos Tsitsipas (5.º ATP), que arrasou Daniel Evans na outra meia-final. O confronto direto entre Rublev e Tsitsipas indica três vitórias para cada lado, sendo que cada um venceu por uma vez em terra batida.

Total
2
Shares
Total
2
Share