Grã-Bretanha 2-0 México: vitória ao virar da esquina e marca histórica para Heather Watson

O National Tennis Centre, em Londres, recebeu esta sexta-feira os primeiros dois embates da eliminatória entre Grã-Bretanha e México, que lutam pela qualificação para a fase de apuramento para fase final da Billie Jean King Cup. A seleção da casa venceu ambos os encontros e deu um passo de gigante rumo ao objetivo, que está agora a apenas uma vitória – para a qual existem três tentativas – de distância.

Em piso rápido indoor, a primeira vencedora do dia foi Katie Boulter (291.ª WTA), que precisou de 78 minutos para derrotar Marcela Zacarias (285.ª WTA) por 7-5 e 6-0. A tenista mexicana deu uma boa réplica durante a primeira partida e chegou a ter um break de vantagem por duas ocasiões, sendo que Boulter conseguiu dar resposta em ambas. A britânica revelou eficácia máxima nos break points durante o primeiro set (3/3) e a terceira quebra de serviço acabou por ditar o fecho do parcial e o fim da resistência de Zacarias, que não conseguiu evitar o “pneu” na segunda partida.

Para o segundo encontro do dia, a capitã da Grã-Bretanha, Anne Keothavong, chamou a jogo Heather Watson (68.ª WTA) e viu a tenista de 28 anos ultrapassá-la no que a vitórias pelo país na competição diz respeito. Num encontro com exatamente a mesma duração do primeiro, Watson derrotou Giuliana Olmos (434.ª WTA) por 7-5 e 6-1 e rubricou a 22.ª vitória ao serviço da Grã-Bretanha na prova, um registo apenas superado pela recordista Virginia Ward.

Heather Watson poderá já este sábado aumentar o número de vitórias para 23, caso derrote Marcela Zacarias. O encontro entre ambas será o primeiro do dia e poderá ditar o fecho da eliminatória a favor da seleção da casa. Se necessário um quarto encontro, este colocará Katie Boulter frente a frente com Giuliana Olmos. O encontro de pares – mais uma vez, se necessário – deverá opor Heather Watson e Harriet Dart a Giuliana Olmos e Fernanda Contreras Gomez.

Total
2
Shares
Total
2
Share